UEFA pondera realização do Euro 2020 na Rússia

Em causa está dificuldade em manter o torneio no próximo verão em 12 cidades num contexto de pandemia.

O Euro 2020, que foi adiado por um ano devido à pandemia de covid-19, poderá, afinal, realizar-se num só país, no próximo verão, e não nas 12 cidades inicialmente previstas pela UEFA.

O organismo que gere o futebol na Europa está a ponderar em alterar aquilo que era o plano inicial, uma vez que é bastante complicado organizar o Campeonato da Europa em cidades de 12 países diferentes, tendo em conta a pandemia.

Nesse sentido, a Rússia surge como hipótese mais provável de se tornar o país organizador, de acordo com o jornal francês Le Parisien, algo que tem a ver com o facto de os russos terem organizado a última grande competição de seleções, o Mundial 2018, e estarem por isso preparados para organizar o Europeu de forma imediata.

Mais Notícias