Supertaça adiada para uma fase mais adiantada da época

A Federação Portuguesa de Futebol revela que chegou a acordo com Benfica e FC Porto, os clubes que vão disputar o troféu, para aliviar o calendário.

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou esta quarta-feira que a Supertaça Cândido de Oliveira 2020-21, que irá opor o Benfica ao FC Porto, está suspensa, o que não quer dizer que não se realize.

Na prática, devido ao congestionamento do calendário no início da nova temporada, foi decidido que este troféu será realizado mais tarde, de acordo com a disponibilidade dos clubes.

De acordo com o site oficial daquele organismo, a FPF e os clubes chegaram a um entendimento quanto à necessidade de "aliviar o calendário", uma vez que no mês de setembro é previsível que alguns clubes portugueses estejam a disputar o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões e da Liga Europa.

Nesse sentido, a FPF justifica a decisão de suspender o jogo que costuma abrir a temporada como uma forma de defender os interesses do futebol português, a pensar na defesa da posição de Portugal no ranking da UEFA.

É bom lembrar que, por causa da pandemia de covid-19, a época 2019-20 estendeu-se para lá do que estava previsto, uma vez que a I Liga irá terminar no último fim de semana de julho e a final da Taça de Portugal terá lugar a 1 de agosto, numa altura em que normalmente se iniciava a nova época.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG