Sérgio Conceição: "O Marselha não é o clube ali da esquina"

O treinador do FC Porto lança alerta para a receção à equipa de André Villas-Boas, a contar para a 3.ª jornada da Champions. Pepe deverá ser ausência para esta partida.

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, alertou para as "dificuldades" que a sua equipa irá ter no jogo frente ao Marselha, marcado para esta terça-feira (20.00 horas), no Estádio do Dragão, a contar para a 3.ª jornada do grupo C da Liga dos Campeões.

"O Marselha não é o clube ali da esquina. Tem um contexto competitivo acima da liga portuguesa. Teve mais tempo para se preparar, tem um treinador que já ganhou a Liga Europa e outros títulos, reconhecido como um dos melhores, e um plantel com jogadores que vão às suas seleções. Vamos apanhar um adversário difícil, mas temos responsabilidade", vincou o treinador em resposta ao facto de a equipa francesa ainda não ter​​​​ vencido nem marcado golos nesta competição.

O treinador portista asssumiu ainda estar preprarado para as várias abordagens possíveis do adversário para esta partida. "Não sabemos se vai entrar na expectativa ou mais pressionante, mas temos de estar preparados para esses cenários. Vêm com mais dias de descanso e isso é sempre uma vantagem", disse, antes de analisar os maus resultados que o FC Porto tem obtido recentemente, que culminou com a derrota em Paços de Ferreira, onde sofreu três golos.

"Tenho um grupo de trabalho que percebe quando o desempenho é bom ou quando não é tão bom. Não é um problema do setor defensivo ou do guarda-redes, é um problema de toda a equipa. Conseguimos identificar o porquê de sofrer golos. Sabemos que algo de anormal está a acontecer, mas estamos atentos a isso", garantiu.

"Os jogos são preparados ao pormenor, olhando para o adversário, para as suas individualidades e como funciona o coletivo. E há depois o que queremos para o jogo. É conveniente que quando se muda de uma competição para a outra mudar o chip, mas de uma forma natural. As equipas são obviamente diferentes, mas a preparação, o nosso rigor, é exatamente o mesmo", acrerscentou.

Sérgio Conceição reforçou a ideia de ter "muito respeito pelo Marselha" e lembrou que se trata de uma equipoa que "tem de pontuar para manter aspirações de passar à próxima fase". "O André Villas-Boas esteve aqui, nos chamados anos dourados em termos de estabilidade financeira e de qualidade do plantel. Mas há treinadores que tiveram essa estabilidade e qualidade, e não conseguiram ganhar e ele conseguiu. É reconhecido por toda a gente pelo trabalho que fez no FC Porto", vincou.

Em dúvida para o jogo com o Marselha está o capitão Pepe que, de acordo com Sérgio Conceição, "abandonou o treino depois dos 15 minutos iniciais". "Não é bluff, infelizmente. Vamos tentar, vou falar com ele, com o departamento médico, para ver se segue para estágio, mas vai ser difícil", revelou, confirmando como ausências certas o defesa Marcano e do guarda-redes Mbaye, que recuperam de lesões, enquanto o lateral esquerdo Zaidu reentra nas opções da equipa, depois de ter cumprido castigo em Paços de Ferreira.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG