Sérgio Conceição diz que não tinha lugar na equipa de 2004

Treinador do FC Porto lembra feito do plantel a que pertencia - não podia jogar por já ter alinhado pela Lazia - na mesma cidade do jogo desta terça-feira. E diz que a Bundesliga é o campeonato mais competitivo do mundo

O FC Porto abre esta terça-feira a fase de grupos da Liga dos Campeões jogando em Gelsenkirchen, diante do Schalke, cujo treinador endossou o favoritismo ao FC Porto.

"É a 23.ª vez que estamos na Champions e somos o mais titulado do grupo, mas isso por si só não diz nada. O Schalke está num nível competitivo muito alto, no campeonato mais competitivo do mundo. Vão dificultar-nos a vida ao máximo. O grupo é equilibrado e o jogo será equilibrado. Espero que no fim estejamos mais felizes", referiu o técnico antes de abordar o feito de há 14 anos. Conceição pertencia ao plantel comandado por José Mourinho mas não podia jogar na Liga dos Campeões por já tê-lo feito nessa temporada ao serviço da Lazio.

Foi perguntado ao técnico onde estava no dia de glória em Gelsenkirchen. "Em 2004 estava na bancada. Infelizmente não pude participar por ter jogado na prova pela Lazio. Mas mesmo em condições não teria lugar naquela equipa. Ganhei o campeonato e o grupo de que eu fazia parte ganhou a Champions... mas isso faz parte do passado", sintetizou escondendo se o título europeu vai entrar na palestra para o jogo desta terça-feira - "isso não posso dizer".

Na conferência de imprensa, o treinador do Schalke disse que conhecia "diois ou três pontos fracos do FC Porto". Conceição respondeu à letra: "Também conhecemos duas ou três fragilidades deles."

Convidado a dizer se ia alterar a dinâmica do meio-campo para esta partida em específico, o treinador escondeu a estratégia: "É uma questão interessante. Sou apaixonado pelo futebol, era interessante responder mas não posso responder. Tem a ver com a estratégia de amanhã, peço desculpa."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG