Santos de Jesualdo e Flamengo de Jesus com campeonatos parados

A Federação Paulista de Futebol decidiu suspender o seu campeonato estadual por tempo indeterminado por causa do coronavírus, enquanto no Rio de Janeiro a paragem do futebol é, para já, de apenas 15 dias.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) decidiram esta segunda-feira, após reunião com os clubes que disputam os respetivos campeonatos, a suspensão do Campeonato Paulista por tempo indeterminado e do Campeonato Carioca durante quinze dias, como forma de minimizar os efeitos do coronavírus.

Os clubes do estado de São Paulo tomaram a decisão por unanimidade, mas no Rio a decisão não foi pacífica, uma vez que Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, treinado por Jorge Jesus, não queria a paralisação e justificou essa posição com as consequências financeiras para o clube, mas depois acabou por votar a favor da suspensão da prova por 15 dias, numa decisão que também foi unânime.

Neste sentido, o Santos, treinado por Jesualdo Ferreira, e o Flamengo de Jorge Jesus, deixrão de ter competições para realizar depois de ter sido igualmente suspensa a Taça Libertadores e a Copa do Brasil.

Na jornada do último fim-de-semana, os santistas já tinham disputado o seu jogo à porta fechada, no Estádio Morumbi, onde perderam com o São Paulo, por 2-1, enquanto o Flamengo tinha vencido a Portuguesa por 2-1, num Estádio Maracanã vazio.

Apesar desta suspensão decretada pela FPF, esta segunda-feira realiza-se ainda o dérbi de Campinas entre o Guarani e o Ponte Preta, mas à porta fechada, tal como foram todos os jogos da última jornada.

José Carlos Peres, presidente do Santos, afirmou no final da reunião da federação paulista que a situação será avaliada todas as semanas em conjunto com a federação. "Todos nós temos responsabilidades e tomamos esta decisão para servir de exemplo para todos os outros", disse.

O certo é que, apesar da suspensão da competição, o Santos voltou a treinar esta segunda-feira à porta fechada, não tendo sido anunciada qualquer medida para que os treinos sejam também suspensos. Quanto ao Flamengo, decidiu suspender os treinos até segunda-feira.

Siga aqui todos os desenvolvimentos do surto.

Mais Notícias