Santa Clara quer apoio financeiro para jogar no continente

Os açorianos consideram que se não puderam jogar na ilha de São Miguel têm de ter forma de fazer face às despesas.

O Santa Clara quer receber apoio para fazer face às despesas de logística, caso o clube tenha de abandonar os Açores para jogar as dez jornadas que faltam da I Liga no continente devido à pandemia de covid-19.

"Nós precisamos de apoio para suprir as questões de logística que vamos ter. Desde passagens aéreas, alojamento, alimentação, transportes, estadias. É um conjunto de despesas muito grande que vamos ter e que surgem do facto de não conseguirmos jogar em nossa casa", disse à agência Lusa o presidente do clube açoriano, Rui Cordeiro.

Nas últimas semanas, foi avançada a possibilidade de os clubes insulares da I Liga de futebol (Santa Clara e Marítimo) jogarem no continente, de forma a mitigar os potenciais contágios do novo coronavírus.

Uma possibilidade que foi inicialmente sugerida pelo Santa Clara, com o objetivo de "garantir a saúde dos açorianos", apesar de Rui Cordeiro reconhecer que a decisão iria provocar uma quebra de receita "que tanta falta faz" às empresas açorianas que vivem um momento de "aflição".

O clube açoriano entende que o apoio "deverá ser atribuído pela Liga em sintonia com a Federação Portuguesa de Futebol". Os encarnados de Ponta Delgada estimam que a deslocação e a estadia no continente para disputar o resto do campeonato custe entre 150 a 200 mil euros.

O Santa Clara pede uma "resposta urgente" quanto ao futuro da I Liga, assinalando que está a aguardar por uma "decisão da Liga de clubes em sintonia com a FPF".

Rui Cordeiro frisa que a formação açoriana "ainda não tem um local definido" para jogar as dez jornadas em falta. "Nós não sabemos o local dos jogos, temos de tratar da estadia, dos transportes, da alimentação. Há a questão das ligações aéreas, que são muito diminutas por questões de saúde. As perguntas são muitas e nós precisamos de algumas respostas para organizar a nossa vida", destacou o dirigente.

A I Liga, na qual o Santa Clara está no 10.º lugar, com 30 pontos, tem o seu retorno previsto para 30 e 31 de maio, para se disputarem as restantes 10 jornadas.

Com a declaração de pandemia, em 11 de março, inicialmente alguns eventos desportivos foram disputados sem público, mas, depois, começaram a ser cancelados, adiados - nomeadamente os Jogos Olímpicos Tóquio 2020, o Euro 2020 e a Copa América - ou suspensos, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais de todas as modalidades.

Os campeonatos de futebol de França e Holanda foram, entretanto, cancelados, enquanto países como Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal preparam o regresso à competição.

Mais Notícias