Ronaldo envia mensagem: "Proteger vidas humanas acima de outros interesses"

Jogador mantém-se na Madeira, depois de um colega da Juventus ter testado positivo para o coronavírus.

Ronaldo está de quarentena na Madeira, depois de um colega de equipa na Juventus ter acusado positivo no teste do coronavírus, e resolveu sossegar os adeptos e deixar uma mensagem de apoio a quem perdeu entes queridos, a quem combate o vírus e aos profissionais de saúde.

"O mundo vai passar por algumas dificuldades, o momento requer muito cuidado e atenção da parte de todos. Falo-vos hoje, não como jogador profissional de futebol, mas como filho, pai e ser humano preocupado com os últimos desenvolvimentos que têm afetado todo o mundo. É importante que todos sigam o conselho da Organização Mundial de Saúde e preservar a nossa saúde. Proteger vidas humanas deve estar acima de qualquer outro interesse. Os meus pensamentos estão com todos aqueles que perderem pessoas queridas e próximas e gostava de enviar a minha solidariedade a quem combate o vírus, como o meu colega de equipa Daniel Rugani e manifestar o meu apoio aos profissionais de saúde que põem a sua vida em risco para salvar os outros", escreveu o capitão da seleção nacional numa mensagem replicada nas várias redes sociais.

O português mantém-se na Madeira sem saber quando regressa a Itália. O jogador está "assintomático", segundo o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, mas a cumprir isolamento voluntário.

Na quinta-feira, o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, garantiu que CR7 respeitou "todas as condições de segurança" quando se deslocou ao Hospital Central do Funchal para visitar a mãe, Dolores Aveiro. "Não posso falar sobre esse assunto por uma questão de salvaguarda dos dados, mas quero dizer que a situação foi devidamente analisada e está, neste momento, garantida que não há qualquer possibilidade de infeção", garantiu o governante.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG