Renato Gaúcho elogia Jesus mas discorda dele: "Com 160 milhões monto uma seleção"

Técnico do Grêmio lembra que teve reforços de 10 milhões de reais e não 160 como Jesus e que a sua equipa joga bom futebol há três anos. Vão encontrar-se nas meias finais da Copa Libertadores.

Depois de subir à liderança do Brasileirão e chegar às meias finais da Libertadores, Jorge Jesus disse que o Flamengo é a equipa que melhor futebol pratica no Brasil. Uma opinião que não é partilhada, por exemplo, por Renato Gaúcho, técnico do Grêmio.

"Não vou mudar a minha opinião. Respeito a opinião do [Jorge] Jesus, está a fazer um bom trabalho. Ouvi da boca dele que era porque era o primeiro no Brasileiro. Se perder, quer dizer que não é mais? Se o Grémio me der 160 milhões de reais [cerca de 34 milhões de euros] para contratar, eu monto uma seleção. O Grêmio não gastou nem 10 milhões de euros. Óbvio que o Jesus vai puxar a sardinha para o lado do Fla, eu faria a mesma coisa. Joga um futebol bonito, sim, mas há pouco tempo. O Grémio joga há três anos. A diferença, enorme, é financeiramente", disse, citado pela imprensa brasileira.

O tira teimas tem duelo marcado em campo dentro de um mês. O Flamengo de Jesus e o Grêmio de Renato vão-se encontrar nas meias-finais da Copa dos Libertadores: "A gente vai encontrar-se daqui 30 dias. Até lá, vamos pensar na Taça do Brasil e depois no Brasileirão. Lá na frente sim pensamos no Flamengo. Respeito a opinião dele (Jesus), vem jogando um belo futebol. Mas com aqueles jogadores, é obrigação. Lá na frente vamos encontrar-nos. Quem passar é o grande favorito para conquistar a Libertadores", defendeu o técnico brasileiro.

Mais Notícias