Regresso vitorioso do Estrela da Amadora e com público nas bancadas

Equipa da Reboleira foi aos Açores vencer o Fontinhas (2-1) na primeira jornada da série G do Campeonato de Portugal. Jogo teve 210 adeptos nas bancadas.

O Estrela da Amadora voltou este domingo a competir nos escalões nacionais. Onze épocas depois de caírem da I Liga na secretaria, as camisolas tricolores da equipa da Reboleira voltaram a exibir-se a nível nacional.

Na primeira jornada da Série G do Campeonato de Portugal, a equipa treinada por Rui Santos foi aos Açores vencer o Fontinhas, treinado por Francisco Agatão, que fazia parte da equipa do Estrela que venceu a Taça de Portugal em 1990.

Ao intervalo o Estrela estava em vantagem com um golo de Yuran Fernandes, mas acabaria por sofrer o golo do empate. Depois a um minuto do fim do encontro, Ronald Murillo fez o 2-1 favorável aos da Reboleira. O jogo teve 210 pessoas nas bancadas, enquanto o jogo da I Liga entre o Santa Clara-Marítimo, também nos Açores, não teve público.

No dia 11 de junho, os sócios do histórico clube da Reboleira, aprovaram a fusão do Clube Desportivo Estrela (antigo Estrela da Amadora Clube de Futebol) com o Club Sintra Football, permitindo assim o renascimento dos tricolores e o adeus aos distritais.

O Estrela da Amadora faliu em 2009, considerado insolvente em 2010 e extinto em 2011, depois de descer de divisão na secretaria devido aos problemas financeiros, com dívidas a fornecedores, a funcionários, a jogadores, às Finanças e à Segurança Social. A última presença entre os grandes do futebol português foi em 2008-09. Para a história ficaram os míticos jogos na Reboleira nas 16 presenças no campeonato principal e os dois sétimos lugares como melhores registos (1993-94 e 1997-98).

Agora o renomado Club Football Estrela da Amadora, que recuperou o emblema antigo, quer voltar ao convívio com os grandes do futebol português em três anos. Para já joga no Campeonato de Portugal, o terceiro escalão do futebol português, onde tem a companhia de outros históricos, como o Vit. Setúbal (desceu da I Liga na secretaria), o Beira Mar e o Alverca.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG