Quaresma apoia equipa de futebol de mulheres ciganas

Big Powers são de Braga e jogam juntas desde 2016, integradas num projeto social de integração e igualdade. Jogador apoia-as e revelou que, caso uma filha sua queira jogar futebol, será ele próprio a ensiná-la.

Depois de travar uma luta com o líder do Chega, André Ventura, em defesa dos ciganos, Ricardo Quaresma volta a ser notícia pelo apoio à etnia a que pertence. O jogador da Kasimpasa uniu-se no apoio a uma equipa de futebol composta por jogadoras ciganas.

A equipa de futebol de meninas de etnia cigana, entre os 10 e os 18 anos, provenientes do bairro social de Santa Tecla, em Braga fazem parte do Projeto Geração Tecla E7G, da Cruz Vermelha de Braga. Um projeto financiado pelo programa governamental Escolhas, com a missão de promover a inclusão social de crianças e jovens dentro da comunidade cigana.

Dayana Rodrigues, Letícia Gonçalves, Lara Cabreiras, Josiana Monteiro, Luana Gonçalves e Lara Monteiro são algumas das jogadoras que fazem parte da equipa de futebol Big Powers criada em 2016 e já concretizaram o sonho de conhecer e treinar com a seleção feminina de Portugal em novembro. Na altura, as capitãs Cláudia Neto, Dolores Silva e Sílvia Rebelo entregaram ainda algum material de jogo às jovens jogadoras.

A iniciativa conjunta da Federação e da AF Braga permitiu-lhe o contacto com algumas das jogadoras que admiram, apesar das dificuldades. "Nem sempre é fácil treinar este grupo. Falo de dificuldades várias a nível logístico e, por vezes, a nível de compromisso. É claro que, no final, é recompensador ver como o futebol pode transformar as vidas destas meninas. A visita à Seleção Nacional, numa altura em que a equipa está a preparar um jogo importante de qualificação, é um momento marcante para a nossa equipa. Elas saiem daqui com a consciência de que o futebol é um lugar para elas; é um lugar para todos", disse, na altura, João Carvalho, treinador e monitor da equipa.

As Big Powers vão estar em estaque de um programa Amor à Camisola (11.00, 19.40 e 00.15) do Canal 11 da Federação Portuguesa de Futebol. Quaresma felicitou-as e incentivou-as: "Orgulhoso de ver estas miúdas a jogar futebol. Espero que consigam fazer algo bonito e que consigam ter sucesso no futuro." E até revelou que, caso uma filha sua queria jogar futebol, será ele próprio a ensiná-la.

Mais Notícias