Polícia russa ameaça deter Kokorin e Mamaev

A polícia russa anunciou esta quarta-feira que vai deter os jogadores do Zenit de São Petersburgo e Krasnodar, respetivamente, caso não compareçam voluntariamente para prestar declarações às autoridades.

O porta-voz da polícia moscovita, Yuri Titov, deu a possibilidade aos dois futebolistas para se apresentarem na esquadra até às 18.00 desta quarta-feira, tendo a polícia aberto um processo contra os jogadores por prática de vandalismo, cuja moldura penal pode ascender a vários anos de prisão.

Um vídeo colocado nas redes sociais mostra os futebolistas e os seus acompanhantes a agredirem, num café, dois altos funcionários do Ministério do Comércio e Indústria, um dos quais, Dénis Pak, sofreu um traumatismo cranioencefálico.

O Zenit de São Petersburgo emitiu na terça-feira um comunicado em que se manifesta "indignado" com o comportamento do avançado internacional russo, enquanto o Krasnodar anunciou que suspendeu o contrato de Mamaev, assinalando que vai "adotar todas as sanções possíveis".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG