Paulo Sousa quer pôr o Bordéus a marcar mais golos

O treinador português assumiu que não chegou ao clube francês para fazer uma revolução, mas já decidiu que quer melhorar os índices de finalização

Paulo Sousa foi esta segunda-feira oficialmente apresentado como treinador do Bordéus, depois de ter sido anunciado na sexta-feira e ter presenciado o empate 1-1 da sua nova diante do Mónaco de Leonardo Jardim.

O treinador português lamenta o facto de os girondinos criarem poucos golos. "O nosso índice de criação de situações de finalização é baixo, as estatísticas assim o dizem. Tentaremos aumentar esse índice ao longo do tempo. Começaremos por ver o potencial de cada jogador para criar diferentes possibilidades para marcar golos", assumiu, deixando no entanto a garantia de que não vê este novo projeto na sua carreira como "uma revolução".

"Trago novas ideias. Espero ser capaz de criar uma evolução natural, de tomar decisões a contar com as próximas temporadas, a começar já nesta. Haverá aspetos táticos diferentes na nossa forma de jogo e desenvolveremos esta habilidade tática, vendo como os jogadores se integram nesta mentalidade, nesta ambição de vitória, seja em casa seja fora. No final da época, poderemos ter esta proposta futebolística e determinar aí quem fica e quem sai", avisou, numa clara mensagem direcionada ao plantel do Bordéus.

Com contrato válido até 2022, Paulo Sousa admitiu ter tido "várias propostas", garantindo que aceitou assinar pelo Bordéus "graças à forma como o projeto foi apresentado". "Senti que havia a mentalidade certa, com a ambição de subir o nível desta equipa", justificou, adiantando que, em comparação com os anteriores jogos da sua nova equipa, "os jogadores estiveram melhores na sua mentalidade, com maior agressividade e procuraram um bom resultado frente a uma equipa que também precisava de vencer".

O Bordéus ocupa atualmente o 13.º lugar da Liga francesa com 33 pontos em 28 jogos, mais 12 pontos que a primeira equipa na zona de despromoção. O primeiro jogo de Paulo Sousa no comando da equipa será no domingo (16.00 horas), em casa, diante do Rennes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG