Oito jogos de suspensão para Diego Costa

Avançado do Atlético Madrid não joga oito jogos devido a castigo: quatro por insultar o árbitro e outros tantos por agarrar-lhe no braço

O Comité de Competição da Federação Espanhola de Futebol castigou Diego Costa com oito partidas de suspensão, quatro por insultar o árbitro Gil Manzano durante o Barcelona-Atlético Madrid de sábado e outros tantos por agarrar-lhe no braço depois de ter sido expulso.

Além disso, tanto o avançado hispano-brasileiro como o Atlético Madrid foram multados. O jogador terá de pagar 6.010 euros, o clube 2.800.

Segundo o relatório do árbitro, Diego Costa viu o cartão vermelho direto aos 28 minutos por dirigir-se ao árbitro e dizer "me cago en tu puta madre!! Me cago en tu puta madre!!!". "Depois de ter sido expulso, ainda no terreno do jogo, agarrou-me no braço com o objetivo de me impedir de mostrar cartões amarelos aos seus companheiros com o número 24 [Giménez] e 2 [Godín], respetivamente", escreveu Gil Manzano.

Antes de o castigo sair, o Atlético Madrid tinha alegado a existência de um "erro manifesto no relatório", assegurando que na realidade Diego Costa disse "me cago en mi puta madre".

Atlético Madrid vai recorrer

O Atlético Madrid vai apresentar recurso ao Comité de Apelo da Real Federação Espanhola do castigo de oito jogos de suspensão a Diego Costa. A informação foi avançada por fontes do clube à agência EFE, depois de o jogador e a equipa serem notificados na manhã desta quinta-feira da sanção imposta, que, a ser cumprida, afastará o avançado internacional espanhol até final da época.

Diego Costa não esteve no treino no relvado da Cidade Desportiva de Majadahonda, numa manhã em que prosseguiu o trabalho individual que tem feito durante a semana.

O castigo a Diego Costa é o mais pesado na Liga espanhola desde que o defesa internacional português Pepe, então no Real Madrid, foi punido com 10 jogos de suspensão, após agredir Casquero, ao pontapé, com o jogador no chão, num jogo com o Getafe, em 2009.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG