O fraco registo da Lituânia: quatro vitórias nos últimos 45 jogos

Portugal defronta nesta quinta-feira a Lituânia, no Algarve, em jogo de qualificação para o Euro 2020. Nos três jogos anteriores, a equipa das quinas goleou sempre.

Portugal defronta nesta quinta-feira a Lituânia, no Estádio do Algarve, no penúltimo jogo da fase de qualificação para o Euro 2020. A seleção nacional tenta apurar-se de forma direta para o torneio, mas só o pode fazer sendo segunda classificada do grupo, e neste momento depende apenas de si pois soma mais um ponto do que a Sérvia (terceira classificada).

A Lituânia ocupa um modesto 34.º lugar no ranking de países da UEFA, atrás da Hungria, Eslovénia e Liechtenstein. Neste ano civil ainda não venceu nenhum dos oito jogos realizados (seis derrotas e dois empates) e a última vitória aconteceu em março de 2017, por 1-0 num particular diante da Arménia. Em provas oficiais, o último triunfo foi em outubro de... 2016, quando na qualificação para o Mundial 2018 receberam e venceram Malta por 2-0.

Um registo que diz muito sobre o (fraco) adversário de Portugal desta quinta-feira, que no jogo da primeira volta desta fase de qualificação foi goleado em casa por 5-1, numa partida marcada pelo poker de Cristiano Ronaldo (o outro golo foi de William Carvalho).

Aliás, se recuarmos até 2015, ou seja, há praticamente cinco anos, os resultados da Lituânia são tudo menos famosos. Na totalidade dos 45 jogos disputados (incluindo particulares), a seleção letã perdeu 33, empatou oito e obteve apenas quatro vitórias.

Portugal vai defrontar pela quarta vez a Lituânia, a segunda a nível oficial. Além da goleada por 5-1 no jogo da primeira mão deste apuramento para o Euro 2020, disputaram-se mais dois jogos que terminaram com resultados volumosos, ambos particulares - o primeiro por 5-1, em 2000, e o segundo por 4-1, em 2004.

Em 16 de agosto de 2000, no Estádio do Fontelo, Portugal e Lituânia encontraram-se pela primeira vez, num jogo que marcou o regresso de António Oliveira ao comando da seleção lusa, depois de render Humberto Coelho, que saiu após o Euro2000.

João Vieira Pinto (31 minutos), Luís Figo (38), Rui Costa (47), Beto (80) e Pauleta (86) apontaram os golos da formação lusa, enquanto Fomenko (44), de grande penalidade, assinou o tento de honra dos lituanos.

Em 5 de junho de 2004, no último teste para Luiz Felipe Scolari antes do Euro 2004, que decorreu em solo luso, nova goleada, mas por 4-1, com golos de Fernando Couto (04 minutos), novamente Pauleta (13), Nuno Gomes (80) e Hélder Postiga (90). Vencevicius (73) reduziu a diferença.

Já em 2019, em Vílnius, no primeiro duelo entre as duas formações no grupo B de apuramento, Ronaldo assinou um poker e William Carvalho marcou já nos descontos, no triunfo por 5-1, que deixou a Lituânia matematicamente afastada de poder alcançar a fase final do Euro2020.

No período após alcançar a independência da União Soviética, a Lituânia fez o seu primeiro jogo em 27 de maio de 1990, com um empate frente à Geórgia (2-2), em Tbilissi, e entrou oficialmente na fase de qualificação para o Mundial de 1994, nos Estados Unidos.

Em quase três décadas, os lituanos nunca conseguiram chegar a uma fase final de uma grande competição.

Naquela que foi a sua melhor campanha de qualificação até agora, que incluiu um empate (1-1) na Alemanha, a Lituânia esteve perto de garantir um lugar no Europeu de 2004, mas uma derrota (1-0) na Escócia, na última jornada, impossibilitou o apuramento.

Antes, os lituanos tinham dois terceiros lugares, no caminho para o Europeu de 1996 e o Mundial de 1998, mas nunca estiveram dentro da luta pela qualificação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG