Niki Lauda teve alta após transplante de um pulmão

O antigo tricampeão do mundo de Fórmula 1 está em bom estado, segundo o comunicado do hospital de Viena, onde o ex-piloto estava internado desde 2 de agosto

O austríaco Niki Lauda, antigo tricampeão do mundo de Fórmula 1, teve esta quarta-feira alta do hospital onde se encontrava internado desde o dia 2 de agosto, quando submeteu de urgência a um transplante de pulmão.

Segundo um comunicado do Hospital Geral de Viena, o antigo piloto de 69 anos apresenta-se "em bom estado geral", devendo agora submeter-se a um período de "reabilitação intensiva durante várias semanas".

O internamento de Niki Lauda deu-se numa altura em que estava de férias em Ibiza, quando a destruição do tecido pulmonar desencadeada por uma inflamação dos alvéolos o obrigou a ser transferido de urgência, em avião privado, para o hospital de Viena, onde foi submetido a um transplante.

Este não foi o primeiro transplante a que o austríaco foi submetido, tendo em 1997 e em 2015 recebido a doação de rins, o último dos quais da sua noiva.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG