Natação adaptada. Filipe Santos conquista o seu segundo recorde do mundo

Nadador algarvio de natação adaptada conquistou melhor marca mundial na categoria S21-Síndrome de Down no campeonato nacional. Tem agora dois títulos mundiais.

O nadador Filipe Santos, da Associação Desportiva e Cultural de Portimão bateu este fim de semana, na Guarda, o recorde do mundo dos 25 metros mariposa na categoria S21-Síndrome de Down. Com esta proeza, o atleta algarvio de 30 anos é agora detentor de dois recordes mundiais pois juntou este de sábado ao dos 25 metros livres (com o tempo de 14,15 segundos).

Na prova que teve lugar no sábado e que fez parte do Campeonato Nacional de Inverno de Natação Adaptada, cumpriu os 25 metros em 15,59 segundos, melhorando o recorde de 15,75 que pertencia ao sul-africano Pietie Bell desde novembro de 2008, como noticia a Federação Portuguesa de Natação. O recorde da europa também já era pertença de Filipe Santos com 15,89, que obviamente se tornou o melhor português nesta especialidade.

No site da FPN, o nadador, recordista open e masters de Síndrome de Down, explicou que este é o estilo que "gosta de nadar mais". Segundo a noticia da sua vitória na prova Filipe Santos reconheceu que este recorde do mundo é fruto da sua dedicação à natação, mas "não seria possível" sem o apoio do treinador Paulo Sousa.

Acrescenta que o seu objetivo para esta época desportiva é o campeonato da Europa, que terá lugar na Sardenha (Itália) em setembro.

Nestes campeonatos participaram 132 nadadores (97 masculinos e 35 femininos) em representação de 33 clubes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG