Morreu Vasily Kulkov, ex-jogador do Benfica e FC Porto

Antigo jogador russo, 54 anos, que representou Benfica, FC Porto e Alverca lutava contra um cancro desde 2019. Benfica e Porto já manifestaram o seu pesar

Vasily Kulkov sofria de um carcinoma de células escamosas e tinha estado em tratamento de quimioterapia num hospital de Krasnogorsk, cidade a noroeste de Moscovo. Morreu este sábado aos 54 anos, disse a órgãos de informação russos a sua mulher, Elena Makharadze.

"Uma triste notícia. Ele estava a lutar contra um cancro há mais de um ano e tinha esperança. Mas infelizmente não conseguiu ganhar esta batalha", reagiu ao DN Paulo Barbosa.

O empresário de futebol que representou Kulkov e o trouxe para Portugal afirmou ainda: "Éramos bons amigos e costumávamos falar. Ainda há cerca de um ano estivemos juntos. Foi um enorme jogador de futebol e era uma pessoa especial. Ele adorava Portugal e há cerca de um ano cumpriu um grande sonho: sei que o FC Porto e o Benfica lhe mandaram as camisolas que ele tinha pedido. Para mim particularmente, pela nossa ligação, é uma notícia muito triste. Não tenho mais palavras".

Kulkov chegou a Portugal em 1991, com o compatriota Yuran, para representar o Benfica, tendo em 1994 se mudado para o FC Porto onde fez uma temporada, antes de regressar à Rússia, onde voltou a representar o Spartak Moscovo, tendo ainda passado pelo Millwall, de Inglaterra, e pelo Zenit, antes de regressar ao nosso país em 1999 para jogar no Alverca.

Além dos dois títulos nacionais em Portugal, Kulkov conquistou uma Taça de Portugal pelo Benfica (1992/93) e sagrou-se campeão na ex-União Soviética pelo Spartak Moscovo, em 1989, e já como Rússia em 1997, também pelo Spartak Moscovo.

Kulkov representou a seleção russa em 42 ocasiões, incluindo os jogos efetuados pela antiga União Soviética.

No Twitter em inglês, o Zenit reagiu à morte de Kulkov, dando as condolências à família.

Benfica e Porto já manifestaram o seu pesar pela morte do seu antigo futebolista russo Vassili Kulkov.

O clube das águias apresentou "as mais sentidas condolências a familiares e amigos", em mensagem na sua página oficial.

O antigo médio representou o Benfica entre 1991 e 1994, foi campeão pelos 'encarnados' em 1993/94 e conquistou uma Taça de Portugal em 1992/93.

Na nota, as 'águias' referem que o jogador permanecerá "para sempre na memória" do clube, recordando que o ex-médio participou em 77 jogos com o 'Manto Sagrado' e marcou 11 golos, dois dos quais na noite de 15 de março de 1994, em Leverkusen, onde o Benfica empatou 4-4 com os alemães do Bayern e passou às meias-finais da então Taça das Taças.

Também o FC Porto lamentou a morte de Kulkov. "À família enlutada, o FC Porto apresenta as mais sentidas condolências", indicam os 'dragões' no seu sítio oficial na internet.

Na mesma nota, o clube lembra que o médio disputou 27 jogos e marcou dois golos no percurso pelo clube, antes de regressar à Rússia e ao Spartak Moscovo.

Atualizado às 13h17

Mais Notícias