Mike Tyson e Evander Holyfield encontram-se 22 anos depois da célebre 'dentada'

Pugilistas protagonizaram um dos momentos mais marcantes da história do boxe

Mike Tyson e Evander Holyfield protagonizaram um dos episódios mais marcantes da história do boxe há 22 anos. Corria o terceiro round de um combate pleo título mundial, em Las Vegas, quando Tyson aproveitou um clinch para morder e arrancar um pedaço da orelha de Holyfield, que foi declarado vencedor.

O assunto correu mundo, mas em vez de inimigos visceráis os dois pugilistas tornaram-se amigos. Em outubro de 2009, no program de Oprah, Tyson pediu desculpa a Evander e mais tarde fez lobby para o ex-adversário ser nomeado para o Hall da Fame do desporto. Evander Holyfield retribuiu o gesto convidando-o para a festa de lançamento do molho de churrasco com seu nome.

Na terça-feira, Holyfield foi o convidado da primeira edição do Podcast de Tyson e o assunto foi o tema mais comentado. "As pessoas continuam a perguntar: "Como perdoou a alguém que já mordeu a sua orelha?". Eu digo que perdoei, porque isso é coisa de momento. Já mordi um rival também. Eu era jovem, era uma luta sem TV e eu estava quase sofrendo uma concussão, quando perdi a cabeça e mordi o ombro dele. Foi algo que passou, aconteceu", confessou Holyfield, que acabou por sair por cima. Afinal ele ganhou o título mundial à custa disso.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG