Messi: "Era óbvio que o Real Madrid ia perder muito sem o Ronaldo"

Jogador argentino confessou que o internacional português é um dos ídolos dos filhos no futebol a aproveitou para desmentir que queira deixar o Barcelona, apesar de confirmar uma cláusula que lhe permite deixar a equipa catalã.

Numa longa entrevista ao jornal espanhol El Mundo Deportivo, Lionel Messi falou da atualidade do Barcelona e, claro, também de Cristiano Ronaldo, com quem na última década tem lutado em permanência pelo troféu de melhor jogador do mundo.

"O Real Madrid perdeu muito golo com a saída do Ronaldo. Era óbvio que isso ia acontecer. Não só golos, Cristiano Ronaldo também dava muitas outras coisas. Já o tinha dito, acho normal. Um jogador que marca 50 golos por temporadas e que sai, quer queiras quer não, nota-se. O Real tem grandes jogadores, mas o Cristiano faz 50 golos por época", referiu Messi.

O nome do internacional português veio novamente à baila na entrevista quando perguntaram a Messi quem eram os ídolos dos seus filhos: "O Thiago e o Mateo são os que mais percebem de futebol. O Thiago fala muito do Luis Suárez, do Griezmann e também do Arturo Vidal. Mas também de jogadores que estão fora, como Cristiano Ronaldo, o Mbappé e o Neymar."

Messi aproveitou ainda a entrevista para colocar um ponto final nos recentes rumores de que podia deixar o Barcelona em breve.

"Já disse muitas vezes. A minha ideia é ficar no Barcelona. Enquanto o clube continuar a querer, da minha parte não haverá nunca problema algum. Também já disse muitas vezes que gosto de estar aqui e que estamos todos bem. A minha ideia é essa, seguir neste clube. Quero ganhar outra Champions, quero continuar a ganhar campeonatos", indicou.

O jogador argentino, contudo, confirmou que tem uma cláusula no contrato que lhe permite deixar os catalães se essa for a sua intenção. "Sempre tive essa decisão nas minhas mãos, não só por causa dessa cláusula. Tive a possibilidade de sair, havia clubes interessados dispostos a pagar até a cláusula de rescisão, mas em nenhum momento pensei em sair e agora muito menos."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG