Manchester City-Liverpool. Primeira derrota dos reds relança citizens no campeonato

Uma vitória da equipa de Klopp poderia colocar Guardiola a dez pontos do primeiro lugar, mas com o triunfo o City encurta distâncias e mostra-se completamente em jogo para o que falta da Premier League

O Liverpool sofreu esta quinta-feira a primeira derrota na Premier League ao sair derrotado do terreno do Manchester City, por 2-1. Em caso de vitória, a equipa da cidade dos Beatles poderia deitar por terra as aspirações dos citizens, mas a equipa de Guardiola acabou por assegurar os três pontos.

O jogo era importantíssimo para ambas as equipas, mas mais urgente para o Manchester City, que entrou em campo a sete pontos do Liverpool, líder da Liga inglesa. Os reds, por seu lado, queriam deixar o campeão inglês em título já a dez pontos, distância que seria certamente muito difícil de recuperar para os jogadores de Guardiola.

Sem surpresas, o Manchester City tinha mais posse de bola mas foi o Liverpool, por volta dos 20', que esteve literalmente a milímetros do golo. Depois de Sadio Mane acertar no poste da baliza de Ederson, a bola permaneceu muito perto da zona de perigo. O central dos citizens John Stones tentou resolver o problemas mas acertou no seu guarda-redes, fazendo a bola saltitar na direção da baliza. Com imensa rapidez, o central brtiânico virou-se e evitou o golo em cima da linha de baliza. Momentos mais tarde, a tecnologia da linha de golo mostrou que a bola não entrou totalmente na baliza por milímetros...

À entrada para os últimos cinco minutos, uma jogada de insistência de Bernardo Silva pela esquerda fez com que a bola chegasse a Aguero. Sem ângulo, mas com muito espaço devido à falta de pressão de Lovren, o argentino rematou forte e bateu Alisson pelo único espaço onde a bola poderia entrar.

A correr contra o prejuízo, e por uma possível vantagem de dez pontos no campeonato, o Liverpool empatou aos 64', numa jogada entre defesas laterais e finalizada pelo ponta de lança. Da direita, Arnold descobre com um grande passe Robertson, que estava a entrar na área do lado oposto, e o escocês serviu Roberto Firmino, que se limitou a encostar.

No entanto, o City de Guardiola não esmoreceu e apenas sete minutos depois voltaria à vantagem. Sterling em diagonal descobre Leroy Sané na esquerda e o extremo alemão rematou cruzado e rasteiro. A bola passou Alisson e após embater no poste entrou na baliza.

O Liverpool bem tentou, inclusivamente com várias bolas longas nos minutos finais, mas não conseguiu chegar ao empate, que era seguramente um mal muito menor. Assim, em vez de pôr a equipa de Guardiola fora do título, a equipa de Klopp sai do Etihad com o Manchester City a quatro pontos, no segundo lugar, e seguramente muito motivado por ter saído vitorioso de um dos jogos mais importantes da época até ao momento, impondo pelo caminho a primeira derrota da época ao rival.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG