Luís Castro coloca Shakhtar nas meias-finais da Liga Europa

Os ucranianos vão defrontar o Inter Milão, após vencerem o Basileia por 4-1. O Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, foi eliminado pelo Sevilha (0-1) num jogo em Raúl Jiménez falhou o primeiro penálti da carreira.

O Shakhtar Donetsk, treinado por Luís Castro, garantiu esta terça-feira o apuramento para as meias-finais da Liga Europa ao vencer, na cidade alemã de Gelsenkirchen, o Basileia, por 4-1. A equipa ucraniana vai agora enfrentar o Inter Milão, na próxima segunda-feira em Düsseldorf.

A equipa de Luís Castro começou cedo a resolver o problema quando Júnior Moraes abriu o marcador logo aos dois minutos, tendo Taison aumentado a contagem passados 20 minutos. No segundo tempo, mais dois golos brasileiros, agora da autoria de Alan Patrick, na transformação de um penálti, e de Dodo sentenciaram a partida.

Nos instantes finais, os suíços ainda reduziram a desvantagem através do ex-sportinguista Ricky van Wolfswinkel, que há cerca de dois meses regressou aos relvados após uma longa paragem devido a um aneurisma cerebral.

Enquanto isso, em Duisburgo, o outro treinador português em competição, Nuno Espírito Santo, não teve tanta sorte, uma vez que o Wolverhampton foi eliminado pelo Sevilha, que está à procura de conquistar o sexto troféu da Liga Europa. Os espanhóis venceram por 1-0 graças a um golo do argentino Lucas Ocampos a finalizar de cabeça um cruzamento de Ever Banega, aos 88 minutos.

O Wolves, que contou com os portugueses Rui Patrício, Rúben Neves, João Moutinho e Rúben Vinagre como titulares, Pedro Neto e Diogo Jota como suplentes utilizados, teve a melhor oportunidade do tempo regulamentar, mas o mexicano Raúl Jiménez desperdiçou um penálti a castigar uma falta sobre Adama Traoré.

O antigo avançado do Benfica falhou o primeiro penálti da sua carreira, quebrando uma série de 26 convertidos de forma consecutiva: 8 pelo Wolverhampton, 5 no Benfica, 9 na seleção mexicana e 5 ao serviço do América.

O Sevilha vai agora enfrentar nas meias-finais o Manchester United, na próxima segunda-feira. Os red devils que, ontem, só no prolongamento conseguiram vencer o FC Copenhaga, por 1-0. Foi graças a um golo de Bruno Fernandes, na transformação de um penálti, que os red devils garantiram a presença nas meias-finais, onde vão encontrar o Sevilha.

Complicado foi também o apuramento do Inter Milão frente ao Bayer Leverkusen. O resultado de 2-1 foi construído na primeira parte, com Nicolo Barella e Romelu Lukaku a adiantar os italianos aos 15 e 21 minutos, respetivamente.

Ainda antes do intervalo, Kai Havertz fez o golo dos farmacêuticos e a partida ficou relançada, tendo havido grande incerteza quanto ao vencedor até final da partida. No entanto, o Inter acabou por fazer a festa do apuramento.

Eis os jogos das meias-finais da Liga Europa:

Sevilha - Manchester United (domingo, às 20.00 horas, em Colónia)

Inter Milão - Shakhtar Donetsk (segunda-feira, às 20.00 horas, em Düsseldorf)

Mais Notícias