La Liga louca. Real Madrid cai em Sevilha e perde a liderança

O ex-benfiquista Sidnei e o ex-portista Cristián Tello derrotaram a equipa de Zinedine Zidane que há uma semana subia ao primeiro lugar depois de vencer o Barcelona.

Durou pouco a liderança do Real Madrid na Liga espanhola. Há uma semana a vitória em casa frente ao Barcelona, por 2-0, foi uma demonstração de força da equipa de Zinedine Zidane, que destronava o rival do primeiro lugar e parecia embalar para a conquista do título que não vence desde 2016-17.

Só que este domingo, um dia depois de o Barça ter vencido por 1-0 a Real Sociedad graças a um penálti de Messi, o Real Madrid caiu com estrondo em Sevilha, onde perdeu com o Betis por 2-1. A liderança que estava segura por um ponto fica agora à distância de dois pontos. E tendo em conta a tão flagrante irregularidade dos dois rivais, o mais normal é que a alternância no topo continue. É caso para dizer que La Liga está louca.

Com o Estádio Benito Villamarín ao rubro, coube a um ex-benfiquista, o defesa-central brasileiro Sidnei, abrir o marcador com uma bomba que não deu hipóteses a Courtois. Um grande golo, o primeiro esta época, para um jogador que chegou ao Benfica como grande esperança e acabou por sair sem deixar a sua marca.

Foi preciso esperar apenas oito minutos para que o Real Madrid conseguisse empatar, já em período de tempo extra para o intervalo, quando Sidnei derrubou Marcelo na área. Penálti que Benzema se encarregou de transformar no seu 14.º golo no campeonato.

Com o empate ao intervalo, os merengues relançavam as hipóteses de regressaram a casa com os três pontos. Só que aos 16 minutos depois de ter entrado em campo, Cristián Tello, outro jogador bem conhecido dos portugueses por ter passado sem grande brilho pelo FC Porto, foi lançado pelo mexicano Andrés Guardado e, à saída de Courtois, fez o 2-1, que derrubou a equipa de Zidane.

E assim se consumava a derrota do Real Madrid num campo onde não perdia desde 2012. O fim de um jejum do Betis custou a terceira derrota dos merengues, que esta época não venceram onze dos 26 jogos que disputaram no campeonato. O Barcelona de Quique Setién é agora líder, pelo menos durante uma semana...

Mais Notícias