Klopp: "Cláusula de Oblak era de 100 milhões"

Treinador do Liverpool sugere que o guarda-redes do Atlético de Madrid era a prioridade, mas fator preço decidiu contratação de Alisson Becker

Jurgen Klopp mostra-se desempoeirado no que toca à discussão das opções do Liverpool para reforçar a baliza. A escolha recaiu em Alisson Becker (custou 75 milhões de euros, oriundo da Roma), mas Jan Oblak, guarda-redes que foi do Benfica para o Atlético de Madrid em 2014 por 16 milhões de euros, parece ter sido a prioridade.

"Toda a gente pensa que pagar 70 milhões por um guarda-redes é muito dinheiro, e é, mas podia ter sido muito diferente, uma loucura. A cláusula de Oblak, por exemplo, é de 100 milhões de euros. O mercado dos guarda-redes é diferente porque nem todos os anos há alguém disponível", explicou o treinador alemão.

Klopp garante que a decisão de avançar para um guarda-redes mais experiente e de alto nível foi tomada antes da malfadada final da Champions, em que Loris Karius teve um jogo muito infeliz e o Liverpool perdeu para o Real Madrid.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG