José Mota deixa Desportivo das Aves. Inácio apontado à sucessão

Derrota na terça-feira com o Sp. Braga foi a gota de água para Mota, que no ano passado deu inéditas permanência e Taça de Portugal aos avenses.

José Mota já não é treinador do Desportivo das Aves. O clube comunicou esta quarta-feira, através de um comunicado, o divórcio entre as duas partes. Segundo avança o JN, Augusto Inácio é o mais forte candidato para suceder o técnico que na época passada conseguiu pela primeira vez tanto a conquista da Taça de Portugal como a permanência para o emblema avense.

A derrota desta terça-feira com o Sp. Braga, nos quartos de final da Taça de Portugal, foi a gota de água para Mota, que já se despediu dos jogadores.

"O Clube Desportivo das Aves - Futebol SAD vem pelo presente comunicar que José Mota deixou o cargo de treinador principal da equipa profissional de futebol. O técnico e o CD Aves - Futebol SAD chegaram a acordo para a rescisão amigável do contrato. José Mota é e sempre será uma figura incontornável da história do CD Aves. Com o "mister" foram alcançados dois feitos histórico - a manutenção inédita na Primeira Liga e a incrível conquista da Taça de Portugal -, além da subida de divisão. O CD Aves deseja ao técnico as maiores felicidades pessoais e profissionais com a certeza de que ganhamos um novo adepto. Obrigado, "Mister" Mota!", pode ler-se no comunicado emitido pelo clube.

O Desportivo das Aves ocupa o último lugar da I Liga, com 12 pontos, a quatro do Boavista, a primeira equipa acima da zona de despromoção.

A confirmar-se a contratação de Inácio, seria um regresso à I Liga cerca de dois anos depois de ter orientado o Moreirense e de ter guiado os cónegos à conquista da Taça da Liga.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG