Jesus confirma reunião com o Flamengo: "É um dos melhores clubes do mundo"

Treinador português vai encontrar-se ainda esta sexta-feira com Rodolfo Landim, líder do clube carioca, na capital espanhola. Em cima da mesa está um contrato de um ano. Jorge Jesus pretende um salário a rondar os quatro milhões de euros.

Jorge Jesus viaja esta sexta-feira à tarde para Madrid para reunir-se com Rodolfo Landi, presidente do Flamengo, num encontro onde as duas partes vão discutir detalhes relacionados com a contratação do treinador por parte do histórico clube do Rio de Janeiro, disse ao DN fonte próxima do técnico. Segundo foi possível apurar, Jesus pretende um contrato de um ano e um salário de quatro milhões de euros.

Em declarações aos jornalistas no aeroporto, Jesus confirmou a reunião: "Vou a Madrid encontrar-me com o presidente do Flamengo, para poder conhecê-lo pessoalmente. Devo dizer que é a primeira vez que vou falar oficialmente com alguém do Flamengo, um dos melhores clubes do Mundo. Nada está ainda certo, tenho em cima da mesa outras propostas que desportivamente não são iguais, mas financeiramente não têm comparação. De Portugal? Não", disse.

De acordo com o Globo Esportes, Jorge Jesus já terá mesmo um acordo com o Flamengo válido por uma época, começando a trabalhar no clube do Rio de Janeiro no próximo dia 20 de junho. Mas só após esta conversa poderá ficar tudo preto no branco. O Flamengo é o atual sexto classificado do Brasileirão, quando estão decorridas seis jornadas, tendo três pontos de atraso para o líder Palmeiras, orientado por Luiz Felipe Scolari.

Abel Braga deixou o Flamengo esta semana por sentir-se traído pela direção do clube. Tudo porque de acordo com o técnico brasileiro, os responsáveis do Flamengo já andavam a conversar com Jorge Jesus há algum tempo. "Trabalhei em Portugal e conheço lá pessoas que me disseram ter havido contactos [com Jorge Jesus]. Liguei para o Rodolfo Landim [presidente do Flamengo] e para o Eduardo Baptista [vice-presidente] e perguntei-lhes se de facto isso tinha acontecido. Negaram. Voltei às minhas fontes e tive a confirmação de que pessoas do Flamengo tinham estado com o Jesus. Aí, não dá mais, acabou a confiança", disse treinador ao UOL Esporte.

Mais Notícias