Futebol deverá regressar a partir de 1 de junho

SIC avança que o governo vai permitir as atividades desportivas em recinto aberto a partir de 1 de junho.

A SIC avançou esta quarta-feira que o governo vai permitir o regresso das atividades desportivas em recinto aberto a partir de 1 de junho.

Porém, a estação adianta que "as atividades desportivas ao ar livre" terão de realizar-se sem público.

Refira-se que o Governo elaborou um plano de desconfinamento dividido em três fases. A partir de segunda-feira, serviços como as repartições de finanças, os centros de emprego e notários já estarão de portas abertas para todo o tipo de atendimento, mas apenas com pré-marcação que poderá ser feita por telefone ou com senhas, evitando a aglomeração de pessoas.

Mais tarde será a vez da reabertura de escolas, restaurantes e cafés, cinemas e teatros.

Nesta terça-feira, após reunião com presidentes da Federação Portuguesa de Futebol, Liga Portugal, FC Porto, Benfica e Sporting, António Costa manifestou a vontade de "voltar a assistir ao vivo a um jogo de futebol" e de vibrar com os golos da seleção. Porém, alertou que a decisão "não pode ser emocional nem tomada de impulso".

"A retoma das competições de futebol, quando for decidida, terá de ser sustentada em fundamentos técnicos de saúde. Não podemos correr riscos que ponham em causa a saúde nem dos atletas nem dos adeptos", frisou.

O futebol, quer queiramos quer não, é mesmo o desporto Rei. A vontade que sentimos de voltar a assistir ao vivo a um jogo de futebol e de vibrarmos com os golos da nossa Seleção é imensa. Sendo essa, acredito, a nossa vontade coletiva, essa decisão não pode ser emocional nem tomada de impulso. Reunimos hoje com a Federação Portuguesa de Futebol que, a seu pedido, convidou a @ligaportugal e os Presidentes do @fcporto, do @slbenfica e do @sportingclubedeportugal. Foi uma discussão franca e aberta. A retoma das competições de futebol, quando for decidida, terá de ser sustentada em fundamentos técnicos de saúde. Não podemos correr riscos que ponham em causa a saúde nem dos atletas nem dos adeptos. Lisboa, 28 de abril 2020. #antoniocosta #primeiroministro #xxiigoverno #republicaportuguesa #desporto #futebol #covid19 #covid19pt #coronavirus #ropm #saobento #lisboa #portugal (Fotos: Clara Azevedo)

Uma publicação partilhada por António Costa PM (@antoniocostapm) a

Já esta quarta-feira, o deputado do Chega, André Ventura, afirmou que o Governo o informou de que as creches reabrem no dia 18 de maio e que a I Liga de Futebol Profissional recomeça no fim do próximo mês.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG