Flamengo sofre a maior goleada da história na Libertadores

Os atuais campeões sul-americanos foram ao Equador perder por 5-0 com o Independiente del Valle. Hà onze anos que os cariocas não sofriam uma derrota tão pesada.

O Flamengo sofreu na madrugada desta sexta-feira a maior derrota da sua história na Taça Libertadores, ao ser goleado no Equador frente ao Independiente del Valle, por 5-0, em jogo da 3.ª jornada do grupo A.

O resultado assume contornos de escândalo até porque estamos a falar do atual campeão da Libertadores, que em 2019 passado, sob o comando de Jorge Jesus, conquistou todos os troféus que disputou, à exceção do Mundial de Clubes.

Moisés Caicedo (40 minutos), Angelo Preciado (49'), Gabriel Torres (59'), John Jairo Sánchez (81') e Beber Caicedo (90'+2) marcaram os golos da equipa equatoriana, entrando assim para a história como a equipa que aplicou a maior goleada ao Flamengo na história da principal competição de clubes da América do Sul. O anterior recorde negativo dos cariocas tinha sido uma derrota por 5-1, em 1984, frente ao Grêmio.

Esta foi ainda a maior derrota da equipa do Rio de Janeiro desde há 11 anos, quando perdeu em 2009, no Brasileirão, com o Coritiba, também por 5-0.

O Flamengo, que conquistou quase tudo o que era possível com Jorge Jesus - Taça Libertadores, campeonato, Supertaça sul-americana e Supertaça brasileira -, contratou no final de julho o treinador espanhol Domenec Torrent, ex-adjunto de Pep Guardiola. Mas a vida não tem sido fácil para o novo timoneiro do Mengão, uma vez que nas cinco primeiras jornadas do Brasileirão contabilizou apenas uma vitória, dois empates e outras tantas derrotas. Seguiram-se quatro vitórias seguidas e agora volta a entrar num ciclo negativo, somando duas derrotas seguidas - no passado domingo perdeu na visita ao Ceará (2-0).

O Flamengo sofreu a primeira derrota na edição deste ano da Taça Libertadores, no primeiro jogo de Domenec Torrent, estando agora no segundo lugar do grupo com seis pontos, atrás do Independiente del Valle, que soma três vitórias em três jogos.

No campeonato brasileiro o Flamengo está também longe do desempenho de Jorge Jesus, pois ocupa o quinto lugar com três derrotas e dois empates em 10 jornadas.

Mais Notícias