FIFA quer aplicar regra de cinco substituições para cada equipa

A medida seria excecional e duraria até final de 2021. Seria uma foram de dar resposta à sobrecarga de jogos após paragem motivada pelo coronavírus.

A FIFA pretende que até ao final de 2021 passe a ser permitido que cada equipa possa fazer cinco substituições por cada jogo de futebol, ao contrário das três autorizadas neste momento.

O objetivo é aliviar a sobrecarga física a que os jogadores têm sido submetidos devido aos calendários cada vez mais intensos que podem aumentar o risco de lesões, em consequência da paragem das competições por causa da pandemia de covid-19.

A ideia da FIFA, que ainda terá de ser aprovada pelo International Football Association Board (IFAB), pretende que as cinco substituições só possam ser feitas em três paragens de jogo, tal como acontece atualmente, sendo ainda permitida uma sexta alteração durante no prolongamento.

Esta seria uma medida que apenas se aplicaria desde que as competições sejam retomadas até 31 de dezembro de 2021 e abrangeria todos os jogos.

Certo é que, após a aprovação pelo IFAB, a FIFA deixa ao critério dos organizadores das competições a aplicação desta regra excecional.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG