Fernando Santos quer Portugal "no topo e ao melhor nível" para vencer França

"Não ligo a estatísticas. Nunca liguei e não tenho essa tendência. Não procuro conseguir mais jogos ou menos. Procuro ganhar e é isso que temos feito e que vamos continuar a fazer", garantiu o técnico português, que cumpre este sábado 66 anos.

O selecionador Fernando Santos afirmou este sábado que Portugal vai ter de estar "no topo e ao melhor nível em todos os momentos" para poder vencer no domingo em França, na terceira jornada da Liga das Nações de futebol.

"Sabemos que vamos ter pela frente um adversário que nos vai dificultar e muito o jogo, mas vamos entrar em campo sabendo que temos as nossas armas e que também podemos ganhar. Para isso, temos de estar no topo e no nosso melhor nível em todos os momentos do jogo. Não vai ser fácil para Portugal, mas também não vai ser fácil para a França", afirmou Fernando Santos.

O selecionador nacional falava aos jornalistas na Cidade do Futebol, em Oeiras, na conferência de antevisão do encontro da terceira jornada do Grupo 3 da Liga A da Liga das Nações, que vai decorrer no Stade de France, estádio em que Portugal se sagrou campeão europeu, em 2016.

"É um momento que vai estar sempre na nossa vida, mas este vai ser um jogo diferente. É um jogo de apuramento. Queremos fazer um bom jogo e vencer, como é sempre o nosso objetivo. Sabemos que a França é um adversário poderosíssimo. É o campeão do mundo. É das melhores equipas do mundo. Mas, nós também temos as nossas armas para jogar e ganhar", disse.

No domingo, Fernando Santos vai tornar-se no selecionador com mais jogos de sempre por Portugal (75), ultrapassando o brasileiro Luiz Felipe Scolari, precisamente no mesmo estádio e no mesmo dia em que há seis anos fez a sua estreia.

"Não ligo a estatísticas. Nunca liguei e não tenho essa tendência. Não procuro conseguir mais jogos ou menos. Procuro ganhar e é isso que temos feito e que vamos continuar a fazer", garantiu o técnico português, que cumpre hoje 66 anos.

Portugal defronta no domingo a França, naquele que será o regresso dos campeões europeus ao Stade de France, após o histórico triunfo de 2016, na final do Europeu, num embate entre os dois primeiros classificados do Grupo 3.

No agrupamento da Liga A, lusos e franceses somam seis pontos, com a formação das 'quinas' a ter vantagem na diferença de golos, enquanto Suécia e Croácia seguem sem pontos.

A equipa de Fernando Santos iniciou a janela de jogos de outubro na quarta-feira, com um empate a zero frente à Espanha, num Estádio José Alvalade, em Lisboa, que teve direito a 2.500 adeptos nas bancadas.

Mais Notícias