Ex-futebolista do Moreirense morre aos 31 anos

Mohamed Abarhoun representou o clube da I Liga entre 2017 e 2018. Foi vítima de uma doença oncológica.

O defesa Mohamed Abarhoun, que representou o Moreirense entre 2017 e 2018, morreu esta quarta-feira, aos 31 anos, vítima de doença prolongada, anunciou a Real Federação Marroquina.

"Apresentamos as condolências a toda a família do futebol pela perda do falecido Mohamed Abarhoun, que deu muito à modalidade e carregou a camisola de várias categorias de seleções nacionais", escreveu o organismo federativo nas redes sociais.

Mohamed Abarhoun cumpriu sete internacionalizações pela seleção de Marrocos, incluindo três aparições no torneio de futebol dos Jogos Olímpicos Londres 2012, e estava sem jogar desde março, quando foi detetada uma doença do foro oncológico.

O defesa vestiu a camisola do Moreirense entre junho de 2017 e dezembro de 2018, apontando dois golos em 46 jogos, depois de ter vencido dois campeonatos marroquinos pelo Athletic Tétouan, sendo transferido para os turcos do Çaykur Rizespor, pelo qual fez o seu último jogo a 24 de fevereiro deste ano frente ao Basaksehir.

Mais Notícias