Oficial: Carlo Ancelotti sucede a Marco Silva no Everton

Técnico italiano rende o português, que deixou o clube a 5 de dezembro quando o Everton ocupava o 18.º lugar da Premier League. E neste sábado assistiu na bancada ao empate entre o seu novo clube e o Arsenal (0-0).

O italiano Carlo Ancelotti é o novo treinador do Everton, anunciou hoje o clube da Liga inglesa de futebol, precisando que o contrato é válido por quatro anos e meio. O técnico já assitiu neste sábado na bancada ao jogo contra o Arsenal, que terminou empatado sem golos, numa partida em que, curiosamente, os gunners também tiveram o novo treinador (Mikel Arteta) a assistir ao desafio nas bancadas.

"O Everton está encantado de confirmar que Carlo Ancelotti é o novo treinador do clube", pode ler-se num comunicado publicado no sítio oficial do emblema da 'Premier League', que indica que o técnico de 60 anos assinou até ao final da época 2023/2024.

O técnico três vezes vencedor da Liga dos Campeões substitui Marco Silva no comando dos 'toffees'. O português foi despedido em 5 de dezembro, quando a equipa estava na linha de despromoção, no 18.º lugar, com apenas 14 pontos conquistados em 15 jornadas (atualmente está no 16.º lugar, com 18 pontos).

"Este é um grande clube, com uma história rica e adeptos apaixonados. Há uma visão clara da direção do clube para alcançar o sucesso e troféus. Isso é algo que me seduz enquanto treinador e estou entusiasmado com a perspetiva de trabalhar com todos no clube de modo a ajudar a tornar essa visão realidade", reconheceu Ancelotti, citado em comunicado.

O italiano, que foi despedido do Nápoles no início do mês, após garantir o apuramento da equipa para os oitavos de final da Liga dos Campeões, volta assim à 'Premier League', depois de ter orientado o Chelsea nas épocas de 2009/2010 -- foi mesmo campeão - e 2010/2011.

"Ele é a contratação perfeita para nós. Partilha da nossa visão para o clube e estamos seguro de que o seu entusiasmo para assumir o comando em Goodison, juntamente com as suas habilidades técnicas e a conhecida capacidade de gerir jogadores, torná-lo-ão bem-sucedido no cargo. Foi uma escolha unânime", afirmou o diretor de futebol da equipa, Marcel Brands.

Ancelotti venceu a Liga dos Campeões em 2002/2003 e 2006/2007 com o AC Milan e em 2013/2014 com o Real Madrid, e foi ainda campeão em Itália (2003/2004), França, com o Paris Saint-Germain (2012/2013) e Alemanha, com o Bayern Munique (2016/2017 e 2017/2018).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG