Boa Morte dá vitória ao Estoril sobre o líder Paços

O Estoril recebeu e venceu esta segunda-feira por 1-0 o Paços de Ferreira, líder da II Liga, em encontro da 9.ª jornada, subindo ao terceiro lugar da competição, em igualdade pontual com o Benfica B.

A equipa de Luís Freire aproveitou, assim, as derrotas da equipa secundária do Benfica e do Mafra, para subir na classificação e ficar no terceiro posto, com 17 pontos, menos quatro que o Paços de Ferreira e menos dois em relação ao Famalicão.

Depois de no domingo o desafio ter sido interrompido à passagem do minuto 19, devido à forte chuva que alagou o relvado do Estádio António Coimbra da Mota, o reinício do duelo entre os dois despromovidos da I Liga temporada transata funcionou melhor para o Estoril, que marcou o único golo da partida aos 21 minutos, por intermédio de Aylton Boa Morte, sobrinho do antigo internacional português Luís Boa Morte.

O extremo dos canarinhos deu muito trabalho à melhor defesa do campeonato durante o jogo e não desperdiçou a primeira oportunidade que teve, ao receber um passe longo de João Pedro para rematar cruzado e bater Ricardo Ribeiro.

No segundo tempo, a formação pacense acabou por assumir o jogo, apostando em jogadores mais rápidos e empurrando o Estoril para o seu meio-campo, que teve de sofrer para conseguir travar os ataques e os constantes remates de meia distância.

FICHA DE JOGO

Estádio António Coimbra da Mota, na Amoreira
Árbitro: Manuel Mota (Braga)

Estoril: Thierry Graça, Filipe Soares, Diney Borges, João Pedro, Rafael Furlan, Wallyson, Gonçalo Santos, Gustavo Costa (Pedro Queirós, 72), Aylton (João Gomes, 90+1), Sandro Lima e Roberto (Dadashov, 61).

Treinador: Luís Freire.

Paços de Ferreira: Ricardo Ribeiro, Bruno Santos, Marco Baixinho, Júnior Plus, Bruno Teles, Diaby (Barnes, 84), Luiz Carlos, Pedrinho, Fatai (Uilton Silva, 61), Wagner (Douglas Tanque, 70) e Luiz Phellype.

Treinador: Vítor Oliveira.

Cartão amarelo a Rafael Furlan (09), Diney Borges (41), Gustavo Costa (55), João Pedro (67) e Sandro Lima (90+3).

Golo: 1-0, Aylton Boa Morte, 21 minutos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG