Empréstimos de Alfa Semedo e Ferreyra rendem 2,4 milhões ao Benfica

O médio português rende 400 mil euros e o avançado argentino dois milhões de euros, ficando neste caso o Espanyol com opção de compra por oito milhões no final do empréstimo.

Carlos García Pont, vice-presidente do Espanyol, esclareceu esta sexta-feira os contornos financeiros da negociação que levou Alfa Semedo e Ferreyra do Benfica para o clube da Catalunha, aproveitando a conferência de imprensa de apresentação dos dois jogadores para divulgar os números envolvidos.

No caso de Alfa Semedo, que foi cedido ao emblema espanhol até ao final da temporada, o Benfica vai receber 400 mil euros. Relativamente ao avançado argentino Ferreyra, o Espanyol vai desembolsar dois milhões de euros, já que se trata de uma cedência válida por época e meia. Ainda no caso de Ferreyra, o clube do país vizinho ficou com opção de compra do passe, no valor de oito milhões de euros. Mas caso a venha a exercer serão descontados os dois millhões pagos pelo empréstimo. Em ambos os casos, o Espanyol irá pagar a totalidade dos salários dos atletas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG