Djokovic vence o coronavírus e anuncia que estará presente no US Open

O tenista sérvio, que em meados de junho anunciou estar infetado com covid-19, está de regresso à competição.

O tenista sérvio Novak Djokovic, número um mundial, anunciou nesta quinta-feira nas redes sociais que vai participar no Open do Estados Unidos, prova do Grand Slam, e também no torneio de Cincinnati.

"Estou feliz por poder confirmar que vou competir em Cincinnati e no US Open deste ano. Não foi uma decisão fácil de tomar, com obstáculos e desafios por todo o lado, mas a ideia de regressar à competição é algo que realmente me agrada", escreveu, na rede social Twitter, Djokovic, que em meados de junho revelou estar infetado com covid-19, estando já recuperado.

Já era esperada a participação do líder do ranking no torneio de Cincinnati, que vai decorrer em Nova Iorque, de 20 a 28 de agosto, e que servirá de preparação para o Open do Estados Unidos, que arranca a 31, na mesma cidade.

Recentemente, Djokovic e Rafael Nadal tinham posto em dúvida a realização da etapa norte-americana do Grand Slam, devido à pandemia de covid-19, e o espanhol acabou mesmo por anunciar a sua desistência do torneio.

O suíço Roger Federer, cinco vezes vencedor do US Open, também não irá estar presente, já que está a recuperar de uma lesão do joelho, tendo mesmo já anunciado que não volta a jogar neste ano.

Mais Notícias