Jesus já fez terceiro teste ao coronavírus. Resultado conhecidos entre 24 e 48 horas

Treinador português do Flamengo diz não ter sintomas. Dois testes anteriores foram inconclusivos.

Jorge Jesus já fez o terceiro teste ao coronavírus, mas terá de esperar entre 24 a 48 horas para saber o resultado. Depois de o Flamengo ter informado que o treinador tinha obtido um resultado "positivo fraco ou inconclusivo" ao teste da Covid-19 e de o treinador português ter afirmado nas redes sociais que o "teste deu positivo" mas que não tinha sintomas, o clube do Rio de Janeiro revelou que a contra-análise foi inconclusiva.

"O Flamengo informa que a contraprova realizada pelo técnico Jorge Jesus trouxe resultado inconclusivo para o Covid-19. Por recomendação do laboratório responsável, o treinador fará nova coleta de materiais na manhã desta terça (17). O resultado sairá entre 24h e 48h", anunciou o mengão nas redes sociais.

"É verdade que o meu teste deu positivo, mas também é verdade que me sinto normal. Hoje, sinto-me exatamente como me sentia há um mês, há um ano, há dois, três ou quatro. Sinto-me uma pessoa completamente normal, não vejo sintomas nenhuns, mas é verdade que tive o teste positivo. Vou ficar de quarentena", tinha revelado o técnico, através de um vídeo divulgado na rede social Instagram, no qual escreveu que estava "sob os cuidados do departamento médico do Flamengo" enquanto aguardava o resultado da contra-análise.

O clube brasileiro indicou que os atletas, equipa técnica e funcionários ligados ao futebol foram igualmente submetidos a testes, mas tiveram um resultado "negativo".

Jorge Jesus era amigo de Mário Veríssimo, 80 anos, a primeira vítima mortal do coronavírus em Portugal. Trabalharam juntos no Estrela da Amadora, onde Veríssimo foi massagista.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Mais Notícias