Conceição: "Equipa competente que sempre esteve na corrida"

O treinador do FC Porto sublinhou que tem uma "equipa competente" que sabe como reagir aos diferentes momentos do jogo e do campeonato. Marta Santos gostou do que viu, não do resultado do Feirense, derrotado (2-0) este domingo no Dragão

No regresso aos triunfos na I Liga, após a derrota às mãos do rival Benfica há três semanas (1-0, Estádio da Luz), Sérgio Conceição começou por abordar o óbvio após o triunfo do FC Porto por 2-0 sobre o Feirense, em jogo da 8.ª jornada que colocou os dragões no topo da classificação (igualdade pontual com o Sp. Braga).

"Foi importante ganhar os três pontos", reagiu o treinador. "Estamos habituados a estar nos primeiros lugares. Temos consciência de que estamos no início. Ainda há muito campeonato. Gostamos mais de estar em primeiro do que em segundo", comentou Conceição.

"Neste momento, há máxima tranquilidade, consciência do que estamos a fazer, das dificuldades deste campeonato. Acho que este campeonato não vai ser como no ano passado, com equipas a acabar perto dos 90 pontos", previu o treinador campeão nacional.

"Estamos na corrida. Sempre estivemos. Somos uma equipa competente. É de realçar o trabalho dos jogadores e a forma como interpretamos este jogo", finalizou.

Manta Santos e a finalização

Nuno Manta Santos, por seu lado, falou da principal pecha do Feirense - quatro golos marcados em oito jogos. "Faltou-nos fechar às zonas de finalização. Houve momentos em que tivemos bola e personalidade, para chegar perto da zona de finalização e da baliza do FC Porto. Tivemos situações de finalização e ocasiões para fazer golo, não conseguimos. Tenho de salientar a personalidade, a atitude e grande foco que tivemos", analisou o treinador.

"Não saio satisfeito com o resultado. Não levamos nenhum ponto e o nosso objetivo, em todos os jogos, é conquistar pontos. Em relação ao jogo, sabíamos que o FC Porto ia entrar forte e determinado a fazer o golo. A nossa organização defensiva passou por tirar espaço ao ataque do FC Porto. Conseguimos fazer isso durante algum tempo", conclui o responsável técnico do Feirense, equipa com a defesa menos batida da I Liga (cinco golos, menos um do que o FC Porto).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG