Conceição descarta reforços e define hierarquias nas provas internas

O FC Porto defronta nesta quinta-feira o Santa Clara, nos oitavos-de-final da Taça de Portugal, "uma equipa sempre difícil", considerou o técnico dos dragões.

Sérgio Conceição lançou esta quarta-feira o jogo com o Santa Clara, relativo à Taça de Portugal, que se realiza na quinta-feira. O treinador portista lembrou que a equipa açoriana coloca sempre dificuldades aos dragões e falou ainda do mercado de transferências, que vai reabrir em janeiro, descartando reforços.

"O plantel dá-me toda a confiança e soluções para enfrentarmos as competições em que estamos, portanto não pretendemos reforços", atirou o treinador portista.

Sérgio Conceição falou depois da importância que o FC Porto dá às provas internas. Mesmo sem descartar a Taça da Liga, colocou o campeonato e a Taça de Portugal num patamar mais elevado. "A Taça de Portugal é, sem dúvida nenhuma, o segundo objetivo nas provas internas, isso é unânime. A Taça da Liga está cada vez mais organizada e é cada vez mais valorizada pelos clubes, mas para todos os clubes a Taça de Portugal vem logo a seguir ao campeonato em termos de importância de troféus", indicou, falando depois do Santa Clara.

"A equipa do Santa Clara tem demonstrado nestes últimos tempos que é consistente e tem os processos bem definidos. Está num ciclo menos bom, mas o treinador deles apresenta sempre uma equipa difícil de defrontar. Pode vir aqui com uma estrutura ligeiramente diferente, não podemos adivinhar isso, apesar de trabalharmos a pensar no que eles poderão fazer. Agora, sabemos o que temos de fazer para ultrapassar o Santa Clara", referiu.

O técnico esclareceu que Danilo está recuperado de uma pequena lesão que o afastou do último jogo, mas não garantiu a titularidade do médio internacional português. E fez depois um balanço da época até ao momento.

"Amanhã temos um jogo importante e temos de focar-nos nele. Na Liga Europa, passámos em primeiro no grupo, embora em muitos momentos pudéssemos ter feito mais e melhor. No campeonato, não contávamos com a derrota no primeiro jogo nem com os dois empates, esperamos que não aconteçam mais percalços do género. Temos de continuar a melhorar, mas estamos ainda na Taça de Portugal e muito perto da Final Four da Taça da Liga. Mas há muitas coisas para acontecer e acho que em 2020 vamos ter coisas muito positivas", analisou.

Mais Notícias