Comoção dos adeptos em Leicester perante ausência de informações

Ramos de flores, uma foto de uma raposa -- o símbolo do clube --, lenços azuis e brancos e uma representação do deus hindu Ganesh estavam entre os objetos depositados nas imediações do estádio, onde se despenhou o helicóptero, onde seguia o dono do Leicester

Os adeptos do Leicester depositaram este domingo flores e camisolas de futebol no Estádio King Power, após a queda do helicóptero do presidente do clube inglês, o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha, sem que haja informações oficiais sobre o acidente.

À Reuters, fonte próxima do clube confirmou que Srivaddhanaprabha era um dos cinco passageiros que estavam no helicóptero que, logo depois da descolagem, caiu no sábado num parque de estacionamento junto ao Estádio King Power.

Com a voz embargada e os olhos lacrimejantes, Kanti Patel assumiu, em declarações à agência noticiosa AFP, não ter dormido, porque Vichai Srivaddhanaprabha significa muito para si.

"Eu penso que há muitos adeptos do Leicester no mundo -- não apenas na cidade -- que estão devastados", comentou também Steve Walton, um outro adeptos do clube.

Vichai Srivaddhanaprabha ganhou popularidade no mundo do futebol, ao elevar o estatuto do Leicester de um clube da segunda divisão a campeão inglês, em 2015/16.

Dezenas de ramos de flores, uma foto de uma raposa -- o símbolo do clube --, lenços azuis e brancos e uma representação do deus hindu Ganesh estavam entre os objetos depositados nas imediações do estádio, onde se despenhou o helicóptero, no sábado.

Além das inúmeras mensagens de apoio às vítimas, várias homenagens ocorreram durante os jogos da Liga inglesa disputados durante o dia de domingo, já depois de o Leicester ter anunciado o adiamento de um jogo do campeonato feminino, que teria lugar no King Power.

As informações oficiais sobre o acidente cingem-se às divulgadas no sábado, quando o clube revelou estar a colaborar com as autoridades e os serviços de emergência, após a polícia de Leicestershire ter confirmado a queda de um helicóptero, uma hora depois do empate 1-1 no jogo entre Leicester e West Ham.

Vichai Srivaddhanaprabha habitualmente abandonava o recinto no seu helicóptero, que descolou no centro do relvado, mas a identidade do piloto e dos passageiros ainda não foi confirmada.

Um dos filhos de Vichai, Aiyawatt, é vice-presidente do clube e um outro, Apichet, é o diretor executivo.

Num comunicado, divulgado na madrugada deste domingo na sua conta oficial no Twitter, a Polícia de Leicestershire informou que várias autoridades estão a investigar as circunstâncias deste incidente.

Polícia pede para se evitar especulações

"Estas investigações devem continuar nos próximos dias", acrescentou a Polícia, sem oferecer detalhes sobre os ocupantes do aparelho.

A Polícia de Leicestershire salientou ainda compreender "que existe um interesse público e mediático considerável", porque o incidente junto ao estádio teve "um grande impacto sobre muita gente".

"Apelamos a que se tenha paciência, compreensão e que se evite especular sobre os detalhes e as circunstâncias", acrescentou, assegurando que irá dar pormenores acerca do incidente "logo que for possível".

Os internacionais portugueses Adrien Silva e Ricardo Pereira alinham no Leicester.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG