Bernardo deu uma ajuda na reviravolta do City

Português marcou um golo e assistiu Aguero no 3-2, que colocou a equipa de Guardiola nas meias finais da Taça de Inglaterra. Swansea esteve a ganhar por 2-0.

Custou, mas foi. O Manchester City conseguiu o apuramento para as meias finais da Taça de Inglaterra ao vencer o Swansea, do Championship, por 3-2, depois de ter estado a perder por 2-0!

Os pupilos de Pep Guardiola, como era de esperar assumiram as despesas do jogo, no entanto, no espaço de 10 minutos, os jogadores do Swansea galvanizados pelos seus adeptos, marcaram por duas vezes para espanto dos citizens. Primeiro, Matt Grimes (20') converteu um penálti e, depois, Bersant Celina (29') ex-City, fez o 2-0, num belo golo após um contra-ataque fulminante.

A perder por 2-0, não havia maneira do City acertar na baliza do adversário, até que Pep Guardiola lançou Oleksandr Zinchenko, Raheem Sterling e Sergio Aguero em jogo. O argentino acabou por ser o herói do jogo com uma ajudinha de Bernardo Silva. O português reduziu a desvantagem com um belo golo em arco aos 69 minutos assistido por Aguero, que pouco depois fez o empate da marca dos 11 metros.

E já em cima do apito final, Bernardo Silva encontrou a cabeça de Aguero, que selou o triunfo do Manchester City nos quartos de final da Taça de Inglaterra. O lance motivou muitos protestos do Swansea, por alegado fora de jogo do avançado citizen.

Antes, já o Watford tinha feito valer o fator casa diante do Crystal Palace (2-1), com os golos da formação caseira a surgirem por intermédio de Etienne Capoue (27 minutos) e de Andre Gray (79 minutos). O golo dos visitantes foi marcado aos 62 minutos pelo belga Michy Batshuayi, mas foi insuficiente para assegurar a permanência em prova do Crystal Palace, que vê o oponente Watford avançar para as meias-finas.

O Wolverhampton joga ainda hoje em casa contra o Manchester United e o Millwall (último resistente do segundo escalão em prova) recebe o Brighton no domingo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG