Benfica perde na Holanda para a Youth League

Um Benfica com eficácia zero somou esta terça-feira o primeiro desaire na edição 2018/19 da UEFA Youth League, ao perder por 3-0 com o Ajax, em Amesterdão, em encontro da terceira jornada do Grupo E.

Ryan Gravenberch (44 minutos), Victor Jensen (60) e Nicolas-Gerrit Kühn (86) apontaram os tentos que derrotaram o onze de Renato Paiva, agora segundo do agrupamento, com seis pontos, contra sete dos holandeses. O Bayern tem quatro.

Com o resultado a zero e entre os três golos dos holandeses, os encarnados construíram meia dezena de oportunidades, mais ou menos flagrantes, mas não estiveram inspirados a finalizar, nomeadamente, João Filipe, que perdeu três (32, 64 e 67 minutos).

A formação holandesa começou melhor, mas o Benfica, desfalcado de Florentino Luís, equilibrou o jogo a partir dos 20 minutos e criou as primeiras grandes ocasiões, desperdiçadas por Nuno Santos e João Filipe.

Na parte final da primeira parte, o Ajax voltou a estar por cima e, depois de Brobbey atirar à barra, Gravenberch marcou, aos 44 minutos, na sequência de um canto.

Em vantagem, os anfitriões continuaram a mandar no início da segunda metade e, após várias ameaças, Jensen apontou o segundo, aos 60 minutos, de cabeça, após centro da direita de Bakboord.

O Benfica, que podia ter restabelecido a igualdade aos 56 minutos, por Embaló, reagiu muito bem e criou uma série de ocasiões para reduzir, mas João Filipe (64 e 67), Pedro Álvaro (68), Nuno Tavares (69) e Gonçalo Ramos (71) falharam.

Os portugueses não marcaram e começaram a dar mais espaço ao Ajax, que, depois de duas perdidas de Brobbey, chegou ao terceiro golo, por Kühn, aos 86 minutos.

Na próxima jornada, em 07 de novembro, as duas equipas voltam a encontrar-se, agora no Caixa Futebol Campus, no Seixal.

Ficha de jogo

Jogo no Sportpark De Toekomst, em Amesterdão, na Holanda.

Ajax -- Benfica, 3-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Ryan Gravenberch, 44 minutos.

2-0, Victor Jensen, 60.

3-0, Nicolas-Gerrit Kühn, 86.

Equipas:

- Ajax: El Maach, Bakboord, Jurrien Timber, Botman, Bakker (Salah-Eddine, 90+2), Gravenberch, Taylor (Quinten Timber, 46), Ekkelenkamp, Kühn, Jensen (Dest, 68) e Brobbey (Hansen, 90+2).

(Suplentes: Reiziger, Douglas, Llansana, Quinten Timber, Hansen, Dest e Salah-Eddine.

Treinador: John Heitinga.

- Benfica: Celton Biai, Tomás Tavares, Pedro Álvaro, Gonçalo Loureiro, Nuno Tavares, Diogo Capitão (Francisco Saldanha, 71), Tiago Dantas, Nuno Santos (Ronaldo Camará, 66), Úmaro Embaló, João Filipe e Gonçalo Ramos (Luís Lopes, 71).

(Suplentes: Carlos Santos, Luís Pinheiro, Alexandre Penetra, Francisco Saldanha, Ronaldo Camará, Rodrigo Conceição e Luís Lopes).

Treinador: Renato Paiva.

Árbitro: Jonathan Lardot (Bélgica).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Bakker (18), Bakboord (41), Diogo Capitão (61), Ronaldo Camará (87) e Pedro Álvaro (90+1).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG