Atlético de João Félix vence em Anfield e afasta Liverpool da Champions

Espanhóis carimbaram passaporte para os quartos-de-final no prolongamento, com uma vitória por 3-2 em Anfield (bis de Llorente e uma assistência de João Félix). Em Paris, o PSG resolveu a questão com o Dortmund ao intervalo.

O Atlético de Madrid e o PSG apuraram-se nesta quarta-feira para os quartos-de-final da Liga dos Campeões, ao eliminarem, respetivamente, o Liverpool e o Borussia Dortmund. A equipa espanhola, que venceu por 3-2 em Anfield, só seguiu em frente no prolongamento, fase em que marcou os três golos, enquanto os franceses resolveram a questão com dois golos na primeira parte.

Em Anfield, à porta aberta, a equipa de Jürgen Klopp entrou em campo com uma desvantagem de um golo trazida de Madrid no jogo da primeira mão. Diego Simeone apostou numa dupla atacante composta por João Félix e Diego Costa, mas não foi o suficiente, pois os ingleses marcaram o primeiro golo e empataram a eliminatória em cima do intervalo, através de um golo de cabeça de Wijnaldum, após assistência de Oxlade-Chamberlain. Um golo que se justificava face ao domínio dos reds, que no primeiro tempo tiveram boas ocasiões desperdiçadas por Firmino e Mané.

O jogo chegou ao final com 1-0 no marcador (Saúl Ñíguez viu o golo que daria a igualdade bem anulado por fora de jogo mesmo em cima do final), o que obrigou à realização de um prolongamento. Aos 94', Roberto Firmino fez o segundo do Liverpool, numa recarga a um primeiro remate que bateu no poste da baliza de Oblak. Mas logo a seguir Llorente fez o 2-1 para o Atlético, após uma assistência de João Félix, um resultado que colocava os espanhóis na frente da eliminatória.

O mesmo Llorente, que tinha entrado aos 56 minutos para o lugar de Diego Costa, vestiu a pele de herói e fez o 2-2 aos 105 minutos, tornando assim a missão do Liverpool muito complicada, pois os ingleses viam-se de um momento para o outro obrigados a marcar dois golos. A cereja no topo bolo surgiu já muito perto do final do prolongamento, com Morata a fazer o 2-3 final e a confirmar o Atlético nos quartos da Champions.

Na cidade de Paris, num jogo que decorreu à porta fechada, o PSG recebeu e venceu o Borussia Dortmund, por 2-0 (na primeira mão os alemães tinham ganho por 2-1), e carimbou também o passaporte para os quartos-de-final da prova milionária.

Mesmo sem Mbappé, que ficou de fora devido a sintomas gripais (chegou a fazer o teste para despistar o covid-19), os franceses chegaram ao intervalo a vencer por 2-0, com golos de Neymar (de cabeça a responder a um pontapé de canto de Di María aos 28') e Bernat (após assistência de Sabarabia em cima dos 45'). Até ao final o marcador não sofreu alterações, com o Dortmund a ficar pelo caminho.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG