Arsène Wenger aponta regresso para o início de 2019

Treinador francês que esteve 22 anos no Arsenal anuncia que está prestes a regressar ao ativo. Só ainda não sabe que clube vai treinar

O antigo treinador do Arsenal, Arsène Wenger, espera regressar ao ativo no início de 2019, embora não saiba que equipa de futebol treinará, revelou o técnico francês à estação televisiva britânica Sky Sports.

"No início de 2019, parece provável que vá treinar alguma equipa, mas não posso dizer qual porque não sei", sublinhou Wenger, que não orienta nenhum clube desde o verão passado, no qual terminou a sua ligação de 24 anos ao Arsenal.

Esta pausa na carreira permitiu ao técnico ter "um bom descanso" e ver muito futebol, o que lhe traz "grandes recordações" e faz com que deseje voltar rapidamente.

Sobre a prestação do conjunto londrino desde a sua saída, Wenger afirmou que fica "muito feliz quando o Arsenal ganha", uma vez que tem a sensação de que trabalhou "muito duro para deixar a equipa em boa forma" e que agora é "um adepto como qualquer outro".

O francês, de 69 anos, foi substituído pelo espanhol Unai Emery no comando técnico do Arsenal, que se encontra atualmente na quarta posição da liga inglesa e é líder do seu grupo na Liga Europa, no qual figura o Sporting, no segundo posto.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG