Árbitro Fábio Veríssimo infetado com coronavírus

Conselho de Arbitragem comunicou que o juiz testou positivo ao covic-19 e que está me casa em quarentena obrigatória.

O árbitro Fábio Veríssimo está infetado com covid-19. A informação foi comunicada pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), revelando que o juiz está "bem e a ser tratado em casa". No comunicado também pode ler-se que Veríssimo vai continuar a ser acompanhado pelas autoridades de saúde, bem como pela Unidade de Saúde e Performance da Federação.

Veríssimo já tinha cumprido duas semanas de quarentena sem apresentar sintomas, depois de ter estado em Itália para dirigir um jogo da UEFA Youth League de futebol, entre a Juventus e o Real Madrid que acabou por não se realizar, a 9 de março. "Como tínhamos vindo de uma região com muitos casos, entrámos em quarentena no dia 11, como atitude de autodefesa e proteção dos outros. Fiquei sozinho em casa, em isolamento social, sem a minha família, que ficou noutra casa. Nunca tive nenhum sintoma. Ontem fui autorizado a voltar para junto da minha família. Continuo a sentir-me bem, sem nenhum sintoma. O mesmo acontece com o Pedro Mota e o Pedro Martins", contou à Lusa no dia 27 de março.

Agora sabe-se que o árbitro de 37 anos, natural de Peniche, testou positivo para o novo coronavírus. Segundo o comunicado da FPF, o árbitro foi contagiado "em Portugal, onde contactou com uma pessoa infetada".

É o segundo caso de coronavírus conhecido no desporto português, depois do Mário Veríssimo, o antigo enfermeiro e massagista do Estrela da Amadora que foi a primeira morte registada em Portugal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG