Adepto do Flamengo imortaliza golo que valeu a Libertadores no braço

Jacques Junior, de 18 anos, tinha tanta fé na vitória do Flamengo que combinou tudo com a tatuadora antes do jogo começar. E no domingo de manhã cumpriu a promessa.

A conquista da Libertadores e do campeonato brasileiro, no espaço de 24 horas, levou à loucura os adeptos do Flamengo. As ruas encheram-se de pessoas neste domingo e houve quem fosse mais longe na hora da celebração. É o caso de Jacques Junior, 18 anos, que tatuou no braço a jogada de Gabriel Barbosa que deu origem ao segundo golo do Flamengo, que valeu a Libertadores na final com o River Plate de sábado.

Doente pelo Flamengo, mas sem recursos financeiros para viajar até Lima, no Peru, para assistir à final da Libertadores, o jovem assistiu ao jogo num bar perto de casa. Mas na manhã de sábado, ainda antes do jogo, a fé era tanta que já tinha combinado com a tatuadora que no domingo de manhã iria ter com ela para fazer algo alusivo ao dia histórico. Só não sabia ainda o quê.

A verdade é que o Flamengo venceu o River Plate e a previsão de Jacques bateu certo. E no domingo de manhã, como prometido, lá estava ele para fazer a tatuagem. "Pegámos uma foto no Instagram do Gabigol, improvisámos a jogada do golo e a Duda [a tatuadora] fez este desenho em pouco mais de uma hora. E ficou pronta bem rápido, em 1h10, mais ou menos. A Duda tem traços finos, fica mais fácil", disse o jovem ao jornal brasileiro Extra.

Resta dizer que esta foi a terceira tatuagem feira por Jacques só neste ano de 2019. A primeira foi logo em janeiro, quando fez 18 anos e tatuou o escudo do Flamengo nas costas. E no verão fez o escudo do remo do clube no antebraço esquerdo com a frase "sempre te amarei, onde estiver estarei", que faz parte de uma famosa música dos adeptos do clube carioca.

"Liguei à Duda, e ela disse-me: 'Eu já sei'. O resultado foi melhor do que eu esperava. Quando eu fiz o print do golo imaginava outra coisa, mas quando começámos e ficou pronto, não estava a acreditar que estava muito melhor do que eu tinha imaginado", contou.

Mais Notícias