Abel lamenta ausência no Jamor e avisa Conceiçao: " No próximo ano vou querer a desforra"

Treinador do Sp. Braga gostou da atuação da equipa frente ao FC Porto esta terça-feira (1-1) apesar da eliminação na Taça de Portugal.

"Fizemos dois golos na primeira parte. Tenho de valorizar o caráter destes jogadores e a qualidade desta equipa. Fizemos 14 remates, criámos sete oportunidades de golo e depois a eficácia fez a diferença. Há um caminho e estamos a atravessá-lo. Por mim jogava todos os fins de semana contra os melhores. São eles que nos colocam à prova. Esta equipa está a crescer a todos os níveis. O Sporting de Braga foi a equipa que mais mexeu no motor. Mesmo assim, ficou evidente que os jogadores têm todos instalados o plano mental de jogo." Foi assim que Abel, treinador do Sp. Braga, viu o jogo com o FC Porto esta terça-feira (1-1), que ditou a eliminação dos bracarenses.

Os dragões apresentaram um onze de recurso, mas não foi isso que facilitou a tarefa dos guerreiros do Minho: " FC Porto é grande, jogue quem jogar. O que ditou a diferença foi a finalização. Há que reconhecer que o nosso adversário ganhou na primeira mão e foi superior. Hoje fomos claramente superiores e, honestamente, criámos oportunidades para fazer o mesmo resultado. A eficácia conta e não fomos eficazes e felizes. Este último lance do Palhinha, que podia ter dado a vitória, bateu no pé do Danilo e foi para canto."

Paulinho: "Fomos dignos do emblema que levamos ao peito"

Mais Notícias

Outras Notícias GMG