Uruguai e Argentina formalizam condidatura conjunta

Uruguai e Argentina vão formalizar a 30 de agosto a candidatura conjunta à organização do Mundial 2030, que assinalará o centenário da primeira edição, realizada em Montevideu

"Em 30 de agosto, o presidente Mauricio Macri [da Argentina] vai visitar o Uruguai de modo a que os dois países possam anunciar a candidatura oficial à organização do Mundial2030", disse esta terça-feira o presidente uruguaio, Tabaré Vasquez, reservando para a altura "algumas surpresas interessantes".

Os dois chefes de Estado reúnem-se na manhã de 30 de agosto na residência presidencial de Anchorena, a 200 quilómetros a oeste de Montevideu.

A ministra do Turismo do Uruguai, Liliam Kechichian, expressou recentemente o desejo de que o argentino Lionel Messi e o uruguaio Luis Suarez, do FC Barcelona, possam vir a ser os promotores da candidatura conjunta.

Os dois países têm expressado repetidamente o desejo de organizar o Mundial 2030, 100 anos após a primeira edição, realizada em 1930 no Estádio Centenário, em Montevideu, e marcada pela vitória do Uruguai na final contra Argentina (4-2).

Mais Notícias

Outras Notícias GMG