Uma bola, duas bolas...este gesto de Roberto Carlos está a causar polémica

A bola do sorteio só foi escolhida à segunda. E com um comentário sobre as mãos "quentes"

Este gesto, no sorteio para a Liga dos Campeões, está a causar polémica. Roberto Carlos tirou uma bola, depois voltou a colocá-la no pote junto das outras e só então retirou outra bola, a definitiva. A escolha recaiu no Ludogorets que assim se juntou ao PSG, Arsenal e Basileia.

Segundo o jornal espanhol Marca, esta "troca" está a agitar as redes sociais. Mais ainda porque Giorgio Marchetti, diretor de competições da UEFA, lhe perguntou durante a "troca" se tinha as "mãos quentes" - uma referência às polémicas declarações de Joseph Blatter, em entrevista ao jornal argentino La Nacion, que falou das "bolas frias e quentes" nos sorteios.

O gesto de Roberto Carlos trouxe de volta a polémica ao Twitter. Estes são alguns exemplos

Nessa entrevista ao jornal La Nacion, a 13 de junho, Blatter até explicou como se falsificava um sorteio. Este é o excerto dessas revelações

"Bolas frias e bolas quente. Isso existe então.

Claro que é tecnicamente possível. Não existem na FIFA, mas fui testemunha de sorteios, a nível europeu, em que isso aconteceu. Mas nunca na FIFA. Claro que se pode fazer, mas no meu caso jamais aconteceu, jamais.

Como funciona exatamente?

Põem-se as bolas antes no frigorífico. A mera comparação entre umas e outras ao tocá-las já determina as bolas frias e as bolas quentes. Ao tocá-las já se sabe o que se passa."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG