Tony Adams quer "dar um pontapé no rabo" dos jogadores do Granada

"Vou tentar fazer o melhor possível e tudo o que estiver nas minhas mãos já no próximo domingo, contra o Celta de Vigo", explicou o novo técnico do clube

O novo treinador do Granada, o inglês Tony Adams, disse esta terça-feira que vai "dar um pontapé no rabo" dos jogadores do 19.º classificado da Liga espanhola de futebol e "treinar, treinar, treinar" para alcançar a permanência.

O clube, no penúltimo lugar na liga, despediu na segunda-feira Lucas Alcaraz e contratou Tony Adams, até então diretor desportivo do clube.

Vou tentar fazer o melhor possível e tudo o que estiver nas minhas mãos já no próximo domingo, contra o Celta de Vigo", explicou o técnico, durante a apresentação.

O ex-futebolista inglês e antigo 'capitão' do Arsenal, de 50 anos, é vice-presidente da DDMC, a empresa de que é proprietário o presidente do clube, o chinês John Jiang, e foi diretor desportivo do Chongqing Lifan, clube chinês também detido por Jiang, antes de assumir o mesmo cargo no Granada, em janeiro.

No plantel, onde se incluem os portugueses Rui Silva e Ruben Vezo, Adams encontrou um grupo com "muita juventude e inexperiência" onde quer encontrar um líder, confessou, para o ajudar a "experimentar algumas coisas táticas para melhorar os resultados" e apostar no setor ofensivo.

"Com os 40 anos que tenho de experiência no futebol, a primeira coisa que vou fazer é dar-lhes um pontapé no rabo", atirou o técnico, que quer "encontrar o equilíbrio" da equipa através dos treinos.

O inglês anunciou ainda que o clube irá apresentar o novo diretor desportivo ainda este mês, além de que já está à procura de "um treinador espanhol" para assumir a equipa no próximo ano, esteja o clube na liga principal ou não.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG