Exclusivo Terão os EUA descoberto o novo Usain Bolt? Erriyon impressiona e bate recordes aos 17 anos

Knighton quebrou duas marcas do jamaicano no espaço de um mês. Em Tóquio, será o mais jovem atleta da equipa olímpica americana de atletismo desde 1964. Só começou a correr em 2019 e é profissional apenas desde fevereiro.

A um mês dos Jogos Olímpicos de Tóquio, onde ausência do supercampeão Usain Bolt ameaçava tirar brilho às pistas, eis que apareceu Erriyon Knighton a toda a velocidade. O jovem norte-americano, de apenas 17 anos, bateu dois recordes do jamaicano, dono dos melhores tempos da história do atletismo em 100 e 200 metros. E colocou todos os olhos virados para ele, em Tóquio 2020.

Primeiro, bateu o recorde mundial sub-18 nos 200m durante o American Track League. Fez a prova em 20.11 segundos, superando em dois centésimos a marca de Bolt (20.13), estabelecida em 2003. A notícia correu mundo e houve um pormenor muito importante que passou despercebido entre o recorde: Knighton venceu a prova batendo Trayvon Bromell, o compatriota que é um dos grandes favoritos à conquista da medalha de ouro olímpica.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG