Marco Silva promete "resposta dentro do campo"

Treinador disse esta terça-feira que o Sporting vai reagir, frente ao Schalke 04, à derrota sofrida em Guimarães que valeu críticas do presidente Bruno de Carvalho

"Os níveis de confiança da equipa voltarão ao nível a que estavam antes do jogo de Guimarães. Amanhã [quarta-feira] vamos dar a resposta dentro do campo", disse o treinador do Sporting, na antevisão da partida do grupo G da Liga dos Campeões, frente aos alemães do Schalke.

Marco Silva quer que a equipa volte a ser "pressionante, agressiva, no bom sentido, que não deixe o adversário praticar o seu futebol", ao contrário do que sucedeu frente ao Vitória de Guimarães, adversário que "foi superior", mas espera um jogo "muito difícil", perante um Schalke que vai ter "uma postura contida, a tentar explorar o erro do Sporting, em função da vantagem que leva na classificação".

O treinador dos "leões" reconheceu que o Sporting vai ter de ser uma equipa "agressiva e muito bem posicionada para não ser surpreendida quando perder a posse de bola" e garantiu "não temer o árbitro", até porque "não preparou a equipa a pensar nele, mas, sim, nela própria e no Schalke".

Instado a comentar as críticas do presidente Bruno de Carvalho à equipa após a derrota em Guimarães, Marco Silva torneou a questão: "Quem sou eu para comentar as declarações do presidente, que já tinha falado em momentos positivos e que agora decidiu falar num momento negativo. Após o jogo de Guimarães falei como líder do grupo e fá-lo-ei sempre. Nunca deixarei os jogadores isolados após um resultado negativo. E vamos dar uma resposta positiva já amanhã [quarta-feira]".

"Na semana passada não éramos os melhores, nem sequer a melhor equipa em Portugal, e passados dias não somos os piores. Tivemos um dia mau, apenas isso. Há três dias toda a gente elogiava o Sporting e agora está tudo mal, está tudo em causa. Não pode ser", lamentou Marco Silva, assumindo que os jogadores "estão tristes por si e pelos adeptos e querem dar uma grande resposta na quarta-feira".

Questionado sobre a titularidade de Nabi Sarr e Slimani frente aos alemães, não quis abrir o jogo: "Vamos ter o Sarr, já não tivemos o Maurício noutras ocasiões e não deixámos de ganhar por isso. É verdade que é a primeira vez que o Paulo Oliveira e o Sarr jogarão juntos como titulares, mas vão dar uma boa resposta. Quanto ao Slimani, é possível que entre de início, mas também pode ser que a opção recaia no Fredy [Montero] ou no Tanaka".

O jogo entre o Sporting e o Schalke 04 está agendado para quarta-feira, pelas 19:45, no Estádio José Alvalade e terá arbitragem do italiano Paolo Tagliavento.

Este texto da agência Lusa foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG